Campanha de vacinação contra Gripe A chega ao fim amanhã

0
93

Reunião que acontece nesta sexta-feira (20) pode definir prorrogação da campanha A campanha de vacinação contra a Gripe A, iniciada em abril, chega ao fim amanhã para os grupos de risco, como pessoas com mais de 60 anos, grávidas ou púerperas, mães até 45 dias depois do parto, crianças de 6 meses a menores de cinco anos, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, trabalhadores da saúde, indígenas, entre outros.
Em Santo Ângelo, até a tarde de ontem, foram contabilizadas 16.390 pessoas vacinadas das 18.898 que a secretaria municipal de Saúde havia estabelecido como meta. De acordo com o secretário de Saúde, André Kissel, o grupo que não alcançou até agora a meta foram o das gestantes e das crianças de zero a cinco anos incompletos. “Estes grupos alcançaram um percentual abaixo do esperado, os demais estão dentro do que havíamos previsto. Nós alertamos para que procurem as unidades de saúde neste último dia, pois com as temperaturas altas, o risco de contrair a H1N1 é alto”, destaca.
A vacina contra a Gripe A está disponível no Pronto Atendimento Doutor Ernesto Nascimento (Posto da 22 de Março); Centro de Apoio a Mulher e a Criança; Centro Social Urbano (CSU) e Postos de Saúde dos bairros Rogowski, Indubras, Castelarim, Sepé, Subuski, Nova, Haller, Dido, Aliança, Carlos, União e Braga e do Distrito de Buriti.
 
POSSIBILIDADE DE PRORROGAÇÃO
Amanhã, reunião deve definir se vacinação será prorrogada ou não. “Vamos conversar e ver o número de vacinas que irá sobrar e, provavelmente, se for prorrogado, será somente para os grupos que não houverem atingido a meta”, explica André.
Nesta semana foram confirmados mais dois casos de Gripe A no município. Um deles em um adolescente e outro em um adulto, somando três casos até o momento. “Todos os pacientes já estão recuperados. Contabilizamos um total de 19 notificações, 8 descartadas, essas três confirmadas e as demais ainda em análise”.

ALERTA PARA A DENGUE
O secretário da Saúde também divulgou os números relacionados à dengue no município. Três novos casos foram confirmados em relação ao último levantamento. “Estávamos com sete casos confirmados e precisamos alertar a comunidade para que não deixem de cuidar do seu pátio, porque mesmo com o frio a dengue pode estar presente nas residências. Não podemos deixar que volte a assombrar o município”.
De acordo com André, neste ano foram 240 notificações de dengue, com 88 casos descartados. “As equipes seguem a campo, pois a diminuição em relação ao ano passado tem a ver com isso. Este ano já foram feitas 26.280 visitas da vigilância ambiental, que seguirão durante todo o ano. Não entraremos em comodismo, pois é a mobilização, a conscientização e o monitoramento das equipes que faz com que o resultado seja positivo”, completou.