Carga Pesada: Autotransformador de 333,50 toneladas retorna para a subestação da Eletrosul

0
145

O equipamento está em Entre-Ijuís e inicia seu deslocamento perto das 8h

 Quem acompanhou no mês de abril deste ano a passagem pela ERS 344 do autotransformador da Eletrosul, que foi encaminhado para manutenção na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, poderá ver a “carga pesada” novamente passando por Santo Ângelo na manhã de hoje. O equipamento está em Entre-Ijuís e inicia seu deslocamento perto das 8h, retornando para a subestação da Eletrosul na localidade de Buriti. 

No total, o peso bruto do conjunto transportador (equipamento e caminhão de transporte) soma 333,50 toneladas, com dimensões de 68,98 metros de comprimento e 6,34 metros de largura. 
O itinerário percorrido pelo conjunto transportador compreende a travessia sobre três pontes: ponte sobre o Rio Ijuí, sobre o Arroio Itaquarinchim e sobre o Arroio São João. 
Em função do peso da carga, foi necessária a realização de estudo de viabilização do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer/RS), de maneira a garantir a segurança da passagem do conjunto, sem oferecer riscos quanto a estabilidade e integridade física das pontes. O estudo foi realizado quando o equipamento foi levado para a manutenção e será aplicado novamente em seu retorno. Em seu itinerário, o conjunto transformador fez a velocidade média de 10km/h e na travessia pelas pontes, de 5km/h, sem frear, acelerar ou parar.
Conforme o engenheiro responsável pela operação, Gilberto Ganzer, da 14ª Superintendência Regional do  Daer/RS em Santa Rosa, “foram realizados estudo e análise das pontes, no qual foi necessária a realização de cálculos estruturais para garantir a segurança, permitindo a passagem da carga”. O engenheiro explica que a maior atenção durante este roteiro está concentrada na passagem do conjunto transportador pela ponte sobre o Rio Ijuí, uma vez que a carga, de 68,98 metros de comprimento e 333,50 toneladas estará de forma inteira sobre a ponte, que possui 227 metros de extensão. 
Além do Daer/RS, esta operação conta com o envolvimento de muitos profissionais ligados a transportadora e Brigada Militar, por exemplo, com carros de apoio.