Cartório Eleitoral terá plantão sábado e domingo para cadastramento biométrico

0
451

O Cartório da 45ª Zona Eleitoral irá realizar mais um plantão no sábado e domingo, dias 1º e 2 de fevereiro, para atender os eleitores de Santo Ângelo que ainda não realizaram o cadastramento biométrico.

Marivani destaca que plantão visa estimular o comparecimento do eleitor para fazer o cadastramento da biometria, que é obrigatório. Arquivo/JM

Nos dois dias, o Cartório funcionará das 9h às 15h. A chefe do Cartório, Marivani Gonçalves Medeiros, lembra que o cadastramento biométrico é obrigatório e quem não fizer dentro do prazo terá o título cancelado.

COMPLICAÇÕES
A Justiça Eleitoral lembra ainda que, além de impossibilitar a participação nas eleições municipais de 2020, o cancelamento do título resulta em uma série de complicações, a exemplo de restrições em cadastro de recebimento de benefícios sociais, impossibilidade de nomeação em cargo público, dificuldade para obter empréstimos em instituições públicas, renovar matrícula em estabelecimento de ensino ou abrir empresa. Além disso, o eleitor pode ter o CPF bloqueado.

Ainda de acordo com a Justiça Eleitoral, a biometria é uma tecnologia que confere ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Acoplado à urna eletrônica, o leitor biométrico confirma a identidade de cada pessoa por meio das impressões digitais, que são armazenadas no banco de dados da Justiça Eleitoral e transferidas para as urnas.

Ela lembra ainda que o prazo final para o procedimento é 11 de março, porém, até esta segunda-feira (27), cerca de 65% dos eleitores de Santo Ângelo realizaram a coleta biométrica, restando aproximadamente 21,4 mil eleitores ainda pendentes.
“Estes eleitores devem procurar o cartório eleitoral o quanto antes para evitar as longas filas no final do prazo”, recomenda.

ATENDIMENTO NA SEMANA
Durante a semana, o Cartório eleitoral atende, de segunda a quinta-feira, das 13h às 19h e nas sextas-feiras das 9h às 15h. Além disso, o horário de atendimento para o cadastramento biométrico pode ser agendado no site do TRE-RS.

Os documentos necessários são: identidade, título eleitoral (se possuir) e comprovante de residência. O procedimento é rápido, levando menos de dez minutos em média.

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here