Casos suspeitos passam de 130 em Santo Ângelo

0
96

Coordenador de Saúde, Antônio Sartori, garante que este é o número de casos é só no HSA

Morreu na última sexta-feira, Jaqueline Brum Maciel, de 38 anos, que estava em tratamento por suspeita de Dengue no Hospital Santo Ângelo (HSA). O material colhido foi encaminhado para análise e a possível confirmação deve ser divulgada nos próximos dias.

Conforme o irmão de Jaqueline, Anderson Brum Maciel, a paciente foi internada no HSA na última terça-feira, mas o atendimento por parte dos médicos teria sido negligente. “Na quarta, quando cheguei ao hospital, ela estava recebendo morfina e ninguém sabia dizer o que estava acontecendo. Apenas na quinta-feira mandaram minha irmã para a UTI, quando já não havia mais jeito. Ela morreu de forma lamentável”, indigna-se.

O provedor do HSA Bruno Hesse lamenta o que ocorreu na última semana, e afirma que o hospital está extremamente preocupado com a situação da dengue no município. “No fim de semana nós passamos reunidos com o pessoal em função da lotação do hospital. Abrimos ontem sete novos leitos em uma nova sala de observação”, explica.

O coordenador regional de saúde, da 12ª Coordenadoria, Antônio Pedro Sarzi Sartori, garante que apenas no HSA chegaram a 129 os casos suspeitos de dengue, notificados do dia 23 de março a 23 de abril, em pessoas de 5 a 70 anos de idade. “Nós pedimos que quem estiver com sintomas da doença, que vá primeiramente a um posto de saúde. A confirmação é feita através de um hemograma em quem tem estes sintomas”, destaca Sartori.

Com o grande número de casos no município, o Posto de Saúde 22 de Março está aberto nos fins de semana até as 22h, enquanto houver situação de emergência. “Não podemos entrar em pânico, temos que entrar em ação. Estamos vivendo uma epidemia de dengue, e a morte que houve e mais esta que está em investigação, deixa toda a população com medo. Então o apelo é para que as pessoas olhem suas casas, vejam se não tem qualquer coisa que possa juntar água e elimine o foco do Aedes aegypti”, completou a vice-prefeita do município Nara Damião.