Cermissões inaugura subestação

0
108

Subestação de Energia São Miguel Arcanjo, localizada no km 7,5 da ERS-536, em São Miguel das Missões

Ocorreu na manhã de sábado (8) o ato inaugural da Subestação São Miguel Arcanjo, da Cooperativa de Distribuição e Geração de Energia das Missões (Cermissões). A solenidade foi realizada na própria subestação, que fica localizada na ERS-536, km 7,5, no Rincão dos Castanhos, em São Miguel das Missões. A programação se iniciou com a cerimônia de corte da fita inaugural e bênção da subestação e, logo em seguida, ocorreu uma apresentação técnica.

A nova subestação vai atender aos municípios de São Miguel das Missões, Caibaté, Mato Queimado, Bossoroca, São Luiz Gonzaga, Rolador, Vitória das Missões, Joia e Eugênio de Castro, e ainda vai disponibilizar cargas para os associados dos demais municípios da área da cooperativa.

INVESTIMENTO DE R$ 9,4 MILHÕES
Com investimento em torno de R$ 9,4 milhões, a obra, lançada em dezembro 2011, gerou cerca de 50 empregos diretos e cem indiretos. A primeira subestação rebaixadora tem potência de 12,5 MVA e tensão de 69/23,1kV. Também foram construídos três quilômetros com quatro alimentadores troncais trifásicas compactas, que partem da subestação e se conectam com quatro novos alimentadores para a distribuição da energia da subestação.

Foi um investimento feito pela cooperativa para aumentar a confiabilidade no fornecimento de energia elétrica, já que a rede compacta exige menor intervenção de manutenção e reduz os índices de desligamentos não programados, por não interromper o fornecimento no caso de galhos de árvores encostarem na rede, por exemplo.

12 MIL ASSOCIADOS
A Subestação de Energia São Miguel Arcanjo assegura a confiabilidade do sistema elétrico, que atende mais de 12 mil associados dos municípios de São Miguel das Missões, Caibaté, Mato Queimado, Bossoroca, São Luiz Gonzaga, Rolador Vitória das Missões, Joia e Eugênio de Castro, além de disponibilizar cargas para os associados dos demais municípios da área de permissão da cooperativa, pois a energia que era utilizada anteriormente em outros pontos de suprimento agora ficará disponível para os consumidores que não serão ligados diretamente à nova subestação.

“A administração da Cermissões sente as necessidades das comunidades e direciona seus investimentos para atender seus associados, seja nas propriedades rurais, cada vez mais demandantes de energia, na urbanização, ou no processo de transformação da produção primária, por meio das agroindústrias e indústrias que estão se instalando em nossa histórica região das Missões”, disse o presidente Diamantino Marques dos Santos.
Em seu pronunciamento, o presidente disse que já trabalha para a construção de uma nova subestação, ainda sem local definido, mas que provavelmente será na região de São Luiz Gonzaga. O reforço da energia será destinado também aos municípios vizinhos, como Bossoroca e Santo Antônio das Missões. “Pretendemos agilizar esse processo e inaugurar mais uma subestação o mais rápido possível”, disse.