Cerro-larguense está entre os cotados para o Vaticano

0
76

A notícia de que Bento XVI vai deixar o Vaticano repercutiu no município de Cerro Largo, cidade natal do único brasileiro que aparece na lista de sucessão ao trono de São Pedro.

Parente distante do cardeal dom Vicente Scherer, já falecido, o arcebispo de São Paulo, Odilo Pedro Scherer nasceu em 21 de setembro de 1949 e passou a ser apontado como cotado para o Vaticano. Ele não chega a ser visto como favorito, mas tem características que o credeciariam, como o bom fluxo em Roma e também o comando da maior diocese do Brasil, a de São Paulo. Com uma trajetória religiosa que teve início na década de 1970 com o curso de Filosofia na Universidade de Passo Fundo, dom Odilo tem uma ampla vivência junto à igreja católica. Em 24 de novembro de 2007 foi nomeado cardeal, o que também o habilita a votar na escolha do novo papa.

Segundo as agências internacionais, no momento o mais cotado para o posto é o cardeal italiano Angelo Scola, da arquidiocese de Milão, uma das mais importantes da Itália. No Reino Unido, no entanto, uma casa de apostas dá como favorito o canadense Marc Oullet, seguido pelos africanos Peter Turkson, de Gana, e Francis Arinze, da Nigéria. O argentino Leandro Sandri é o quarto colocado na lista de favoritos.