Chuvas favorecem produção de forrageiras

0
85

 O volume de chuvas registrado nas últimas semanas, cerca de 350 mm, de acordo com o escritório da Emater em Santo Ângelo, favorece a produção de forrageiras (pastagens), que serve de alimento para o gado. “Com essas chuvas, os produtores estão com o que a gente chama de problema bom, pois eles devem cuidar é para as pastagens não passarem do ponto. O produtor que se utilizou de um bom adubo e fez a cobertura com ureia está com ótimo desenvolvimento vegetativo. Alguns estão fazendo feno, o chamado “Tifton 85”, observa o veterinário da Emater, Guilherme Dhamer.

O técnico da Emater presta assistência, principalmente, aos produtores de leite da cidade, e constata a melhoria no desempenho da produção leiteira com o clima da últimas semanas. “Hoje a produção de leite está estabilizada em Santo Ângelo, após a seca que atingiu o estado no ano passado. O rendimento está um pouco abaixo do normal em razão do forte calor, pois as vacas acabam não indo para o pasto com sol muito forte, como foi na semana do Natal”, complementa.

A produção hoje é de 40 a 45 mil litros de leite ao dia, com um preço médio de R$ 0, 71 centavos.

PARASITAS
Guilherme salienta que, com esse clima, podem ocorrer incidência de ecto-parasitas nas vacas. “Os principais são o carrapato e as verminosas, em razão do calor e da umidade”.