Chuvas fortes alagam casas e atingem a agricultura local

0
114

Santo Ângelo é um dos doze municípios do Estado que decretou situação de emergência devido às fortes

Santo Ângelo é um dos municípios do Estado que decretou situação de emergência por conta das fortes chuvas das últimas semanas. Estima-se que neste mês tenha chovido mais de 600mm, considerado cinco vezes mais do que a média esperada para o mês de dezembro, que não passa de 130mm.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Santo Ângelo, Luis Augusto Pérsigo, a chuva dos últimos dias deixou 25 casas alagadas no município. As áreas mais atingidas são dos bairros Meller Norte, da Travessa da Praia à Travessa Coimbra, e na Rua Nicolau Leite de Oliveira. “Na Linha Sabiá, tivemos a informação de que quatro famílias também ficaram ilhadas por conta das descargas de águas para dentro do Rio Ijuí”, destacou.

AGRICULTURA 
Como a agricultura também foi bastante atingida, Pérsigo relatou que existe a possibilidade de ampliação do decreto de emergência em Santo Ângelo. “Próximos ao Rio Ijuí havia 3 ou 4 hectares cobertos com água e passaram para 20. Um decreto ajuda a garantir que o agricultor tenha um seguro, um Pronaf, que não tenha perdas na área. Além disso, estão sendo observadas dificuldades nas estradas, os produtores não estão conseguindo escoar o leite e estão precisando jogar fora. E a pecuária também começa a mostrar índices de perdas”, explica Pérsigo. A possibilidade  de novo decreto está sendo analisada pela secretaria municipal de Fazenda.
 
EL NIÑO
As fortes chuvas na região estavam previstas devido à ocorrência do fenômeno El Niño, que, segundo pesquisas, é um dos mais fortes já registrados na história.
O El Niño é um fenômeno climático caracterizado pelo aquecimento fora do normal das águas superficiais e subsuperficiais do Oceano Pacífico Equatorial. Essa mudança de temperatura provoca uma modificação da circulação de ar na atmosfera. No Brasil, o fenômeno se caracteriza por chuvas mais intensas nas regiões Sul e Sudeste e tempo mais seco nas regiões Norte e Nordeste.