Começa a campanha eleitoral para 19 candidatos ao Conselho Tutelar de Santo Ângelo

0
188
Os cinco mais votados serão empossados no dia 10 de janeiro de 2020

Processo iniciou na quarta-feira (21) e vai até 4 de outubro. A eleição ocorre no dia 6 de outubro

Começou na quarta-feira (21) e vai até o dia 4 de outubro de 2019, a campanha eleitoral para 19 candidatos ao Conselho Tutelar. As candidaturas homologadas foram divulgadas na segunda-feira (19). A votação, que não é obrigatória, está marcada para o dia 6 de outubro.

Os cinco mais votados serão empossados no dia 10 de janeiro de 2020 para um mandato de quatro anos. O salário é de 8,64 PRMs (Padrão de Referência Municipal). O PRM equivale a R$ 313,03, o que representa R$ 2.704,57.

A Comissão Eleitoral do Processo de Escolha dos Membros do Conselho Tutelar é formada pelo presidente Orlando Gomes da Silva; secretário Almiro Luis Machado e pelos membros e Graziela Althaus e Marla Figueiredo.

PRINCIPAIS REGRAS DA CAMPANHA
A íntegra do regulamento está no edital 011/2019/Comdica/CT, que pode ser acessado no site: http://www.santoangelo.rs.gov.br. A seguir, as principais regras da campanha:
– A propaganda eleitoral em vias e logradouros públicos observará, por analogia, os limites impostos pela legislação eleitoral e o Código de Posturas do Município, garantindo igualdade de condições a todos os candidatos.
– Não será permitida propaganda em prédios públicos e tampouco postes, muros públicos, entre outros, para afixação de material de propaganda, sob pena de terem suas candidaturas impugnadas.
– A utilização, pelos candidatos, de espaços de particulares, tais como muros. Janelas, entre outros, dar-se-á de acordo com a autorização do proprietário.
– Será permitida a propaganda eleitoral em mídia escrita (Jornal), inclusive mala direta via Correios.
– É vedada a propaganda, ainda que gratuita, por meio da mídia falada (rádio, televisão) faixas, outdoors, camisetas e bonés e outros meios não previstos neste Edital, exceto carro de som;
– É proibido o transporte de eleitores;
– Não será permitido o uso de camisetas, adesivos, bonés ou qualquer outro material de campanha pelos fiscais de candidatos que atuarem junto às mesas receptoras de votos ou locais de votação.
– Em todos os procedimentos relativos à campanha será dada vista ao representante do Ministério Público, para, querendo, manifestar-se.
– O limite de gastos com a propaganda eleitora será de R$ 15.000,00.

COMO FOI O PROCESSO ATÉ A HOMOLOGAÇÃO?
No dia 10 de junho encerrou o prazo de inscrição para a eleição, com a confirmação de 24 pessoas. Elas passaram por etapas de seleção. No dia 12 de junho, foi realizada uma reunião dos membros da comissão eleitoral quando foi feita a avaliação dos documentos apresentados pelos inscritos. No dia 14 de junho, foi divulgada a relação dos concorrentes aptos a seguir no processo. De 17 a 19 de junho correu o prazo para recursos.

A homologação das inscrições ocorreu no dia 10 de julho e um curso de capacitação foi realizado no dia 20 de julho. A seleção dos candidatos seguiu com a prova objetiva composta de 50 questões, entre os dias 22 e 24 de julho. Foram aprovados os candidatos que obtiveram a nota mínima de 50%. O resultado saiu dia 25.

De 26 a 30 correu o prazo de recursos. Uma avaliação psicológica foi realizada nos dias 8 e 9 de agosto e o resultado, divulgado no dia 16.

Relação de Candidatos (em ordem alfabética)

20 – Alcinda Marilene de Oliveira de Souza
25 – Alfredo Amaral Obregon
15 – Amélia Vitor Lerino
10 – Denise Regina Martins Fernandes
13 – Diana Konzen
16 – Elaine Maria Thomas
12 – Eloisa Cavalheiro de Avila
11 – Everson Medeiros
14 – Fábio Àvila da Silva
26 – Gilson Roberto Pereira
17 – Ivone de Albuquerque Carneiro
24 – Jocelei Anchieta Machado
27 – Jonata Junior Rodrigues Ferreira
23 – José Sebastião Langer
21 – Marisa Meotti Antunes
28 – Neide Santa Freitas
22 – Noé Joel Langer
18 – Rubia Cristiana Ferreira
19 – Viviani Bueno de Almeida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here