Comunidade dá abraço simbólico pela abertura da UPA em Santo Ângelo

0
86

Moradores cobraram da prefeitura para que coloque em funcionamento a unidade

Na tarde desta terça-feira (15) foi realizado um gesto simbólico para que o executivo municipal faça a imediata abertura da Unidade de Pronto Atendimento de Santo Ângelo (UPA). O ato, organizado por vereadores e a comunidade, aconteceu na unidade do Bairro Pippi. Moradores com cartazes pedindo mais atenção para saúde ficaram do lado de fora das instalações. Os participantes, que fizeram manifestação pacífica, não puderam entrar no pátio da UPA porque estava fechado com cadeado.

Segundo o vereador Vando Ribeiro (PMDB, a ideia dos organizadores é chamar a atenção para a necessidade da abertura da unidade e atenderm dessa forma, o anseio da comunidade: o início das atividades no local. "Esperamos que o poder público se sensibilize e até o Natal a UPA esteja em funcionamento", frisou. 

Já a vereadora Jaqueline Possebon (PDT) disse que chega de desculpas do poder público municipal para colocar em operação a Unidade de Pronto Atendimento. "Não tem cabimento deixar fechada toda essa estrutura sob alegação de pequenos problemas de rápida solução. Faz quase um ano que estçao na promessa de colocar em funcionamento e até agora nada", salientou.

CASO
No dia 8 de outubro os vereadores estiveram reunidos com representantes da Secretaria Municipal de Saúde, visando buscar esclarecimentos referentes ao início dos serviços da UPA no município.

Na oportunidade, a secretária municipal de Saúde, Eunice Belinazo, destacou o parecer decorrente da vistoria realizada nas dependências da Unidade de Pronto Atendimento. De acordo com Eunice, a partir deste trabalho, foram apontados alguns danos estruturais. Dentre eles o problema com o piso, o qual apresenta defeitos que resultam na infiltração de água.