Comunidade define demandas da cédula da Participação Popular e Cidadã durante fórum na próxima terça-feira

0
81

Serão escolhidas de 10 a 20 prioridades com valor alocado. Votação será nos dias 6 e 7 de agosto

As demandas que irão compor a cédula da Participação Popular e Cidadã serão escolhidas por aproximadamente 200 pessoas na próxima terça-feira (9), a partir das 19h, no Prédio 5 da URI. Serão escolhidas de 10 a 20 demandas com valor alocado, além de cinco prioridades estratégicas da região.

O fórum regional da PPC é uma das últimas atividades de preparação antes da votação das prioridades da região, que ocorre nos dias 6 e 7 de agosto pela internet e no dia 7 nas urnas em locais definidos pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento. No encontro, serão levadas todas as demandas escolhidas nas assembleias dos 25 municípios das missões.

O coordenador regional da Participação Popular e Cidadã, João Fioravanti, destaca que o PPC é um instrumento importante para o Governo do Estado definir as áreas prioritárias para elaborar a peça orçamentária do próximo ano. “Além dos mais de R$ 4 milhões que a população define no voto, as outras demandas que irão para a cédula serão encaminhadas às secretarias como sugestão para elaborar o orçamento. Esse processo é muito mais profundo que a escolha desse valor”, justifica Fioravanti, ao convidar os delegados eleitos e autoridades com direito a voto para participar do fórum.

RECUPERAÇÃO DE PASSIVO

O presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) das Missões, professor Maurílio Tiecker, ressalta que a região tem a receber, desde 2005, um total de R$ 16,9 milhões. Segundo Maurílio, no ano passado o governo se comprometeu a pagar 60% desse valor. “Neste ano, efetivamente foi repassado R$ 1,5 milhão para a região. Então pedimos às instituições que têm recursos aprovados, que busquem encaminhar seus projetos, porque senão podem perder o recurso neste ano”, ressalta o presidente do Corede. “E as demais, que cobrem a verba, para dar continuidade à liberação dos recursos.”

Para Maurílio, é importante que na votação de agosto a população escolha áreas que visem o desenvolvimento econômico da região. “A saúde, educação e segurança são os que mais têm recursos aprovados. Mas pedimos que a população tenha atenção também às outras áreas, que podem ser multiplicadores de recursos”, afirma.  

VOTANTES DO FÓRUM

Terão direito a voto para elaborar a cédula os 100 delegados eleitos em assembleias municipais (cada delegado representa 30 pessoas que participaram do encontro), além dos prefeitos, presidentes de Câmara e dos Conselhos de Desenvolvimento dos 25 municípios das Missões.

Também estão aptos a votar os conselheiros do Plano Plurianual Diomar Formenton e Arisa da Luz, e os integrantes da coordenação regional da Participação Popular e Cidadã João Fioravanti, Maurílio Tiecker, Lino Pauli, Sonia Bressan Vieira, Airton Ávila da Cruz, Silvana Hepp, Capitão Brum, Estevão Moor, Ismar Spies e Diomar Formenton.
No fórum regional da PPC, também serão eleitos dois conselheiros para o Fórum Estadual.