Conselho Tutelar fiscalizará menores de idade durante Carnaval santo-angelense

0
103

Bebidas alcoolicas e entrada sem autorização estão entre cuidados necessários com menores

Durante o Carnaval é tradicional a realização de inúmeras festas e bailes regados a bebidas alcoolicas, o que gera a preocupação quanto aos excessos decorrentes de seu consumo e de quem as consome. Em Santo Ângelo, o Conselho Tutelar garante estar atento a participação de menores de idade em blocos e festas de Carnaval e na fiscalização para que não consumam bebidas alcoolicas.
De acordo com o conselheiro Jonatã Ferreira, além de não poderem ser vendidas bebidas alcoolicas para menores de 18 anos, os adolescentes entre 16 e 18 anos precisam de autorização para entrar nos estabelecimentos do município. “Essa autorização precisa ser registrada em cartório, independentemente de a pessoa estar participando de bloco carnavalesco ou não. A outra opção é ir acompanhado do pai e da mãe. Também é necessário levar um documento com foto”, destaca.

REVEZAMENTO
Com o suporte para fiscalização da Brigada Militar, o Conselho Tutelar de Santo Ângelo terá uma escala entre os conselheiros entre os dias de Carnaval. “Estaremos nos revezando para estar em todos os locais de festa ou baile para verificar a situação dos menores, pedindo as relações das autorizações, avaliando se existe alguma situação de risco, venda de bebida para menores, entre outros”, explica Jonatã.
O conselheiro garante que há uma parceria entre os blocos de Carnaval do município e o Conselho Tutelar, que irá facilitar a fiscalização. “Fizemos algumas reuniões com os blocos e também com a BM para que eles nos ajudem para que nosso trabalho tenha um alcance maior seja mais efetivo”.
O Conselho Tutelar estará disponível para denúncias durante todo o Carnaval pelo 55 84195716.