Construtora faz base do prédio dos 58 leitos do Hospital Santo Ângelo

0
97

Empresa responsável é a Comercial e Empreiteira Fagundes

Avança a obra de construção de 58 novos leitos do Hospital Santo Ângelo (HSA). De acordo com o coordenador de obras, Eduardo Limberguer, já foi feito mais de 10% da construção. Ele explica que a empresa montou o alicerce do prédio, assim como o estaqueamento e bloco de fundação, e fez a colocação das vigas. Antes desse processo, houve escavações no solo e demolição de parte de prédio ao lado para viabilizar a obra. A empresa responsável é a Comercial e Empreiteira Fagundes.

Ao todo, serão 32 salas nos três andares do prédio. Conforme o projeto, haverá 24 salas específicas para o atendimento de pacientes do SUS, com 58 leitos. Deste total, duas serão de isolamento para atender pessoas em situação mais crítica. Haverá ainda duas salas de utilidades, dois postos de enfermagem e duas copas; também, sanitários e um elevador para facilitar o fluxo de pessoas nos diferentes espaços.

No total, serão investidos R$ 2,3 milhões, com recursos do programa Mais Leitos. A previsão da conclusão é de um ano, caso não ocorra atraso nos repasses dos recursos pelo governo do Estado. O provedor Bruno Hesse explica que, para a primeira etapa da obra, o Estado repassou 20% do valor.

“Na segunda etapa deverão ser entregues 70% dos recursos, para viabilizar a obra, e no final, quando estiver concluída a construção, serão entregues os 10% restantes. Estivemos na semana passada reunidos com o secretário estadual de Saúde, João Gabbardo dos Reis, tratando da liberação da segunda etapa”, frisa Bruno.