Corsan alerta para risco de racionamento de água em Santo Ângelo

0
93

Empresa solicita às pessoas que evitem lavar as calçadas e os automóveis

 O município de Santo Ângelo corre o risco de entrar em processo de racionamento de água.

O alerta foi feito pela gerente da unidade da Corsan, Eli Backes, durante entrevista no programa Rádio Visão, da Rádio Santo Ângelo.

Segundo ela, caso não ocorram nos próximos 10 dias chuvas mais consistentes no município, a solução será controlar a distribuição de água à população.

O fato que pode motivar o racionamento é o baixo nível dos rios Ijuí e Itaquarinchim, onde estão localizadas as duas estações de captação de água da Corsan.

Junto à estação de tratamento de água localizada no bairro São Carlos, os técnicos da Corsan estão registrando uma redução do nível do Rio Ijuí no setor de captação de água de 3% ao dia.

“Além da redução do nível dos nossos mananciais, estamos sofrendo um crescimento de 20% no consumo de água”, afirmou Eli Backes.
Segundo ela, o aumento no consumo representa uma produção de 100 milhões de litros de água ao mês.

Eli Backes frisa que esse percentual de aumento na produção de água registrado em janeiro é o mesmo de dezembro de 2011.
“Nós não estamos mais numa situação de estiagem, mas sim de seca e todos devem economizar”, diz ela.

A gerente da Corsan também está solicitando às pessoas que evitem lavar as calçadas e os automóveis.

Diariamente, a unidade da Companhia recebe denúncias de pessoas que estão esbanjando água tratada para essas atividades.

“Estamos orientando e alertando para o bom senso da população, pois iremos averiguar as denúncias a partir de hoje”, diz Eli Backes. 

Conforme ela, num primeiro momento os consumidores serão notificados, mas a reincidência no desperdício irá gerar notificação.