Departamento Municipal da Mulher será instalado no dia 7 em Santo Ângelo

0
92

Entre as atividades organizadas pelas integrantes do Comdim (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher) de Santo Ângelo para marcar o Dia Internacional da Mulher o destaque deste ano é a instalação do Departamento Municipal da Mulher (DMM), no dia 7 de março.

O departamento terá como responsável pela coordenação a psicóloga Simone Vargas Lunkes. Segundo ela, “a instalação do departamento é uma luta e uma reivindicação das mulheres do nosso município, em especial das mulheres do Comdim, as quais se mobilizam contra a opressão e a discriminação da mulher, exigindo a ampliação de seus direitos tanto civis como políticos. E agora através da administração municipal está se concretizando, isso que será um marco, uma conquista e um avanço na história das mulheres santoangeleses”, disse.

O Departamento Municipal da Mulher tem como objetivo será integrar e ampliar as ações e políticas públicas em rede voltadas ao público feminino que já acontece nas secretarias da administração municipal. “Buscaremos principalmente integrar as políticas para as mulheres nas áreas de trabalho, saúde, educação e participação na política, visando reverter desigualdades de gênero presentes há séculos em nossa sociedade. Procuraremos desenvolver nosso trabalho junto ao departamento através de políticas de parcerias para reduzir a discriminação e a violência em relação ao sexo feminino”, declarou Simone.

E completou: “Buscaremos promove atividades que proporcione a reflexão sobre relações de gênero para mulheres para favorecer a participação maior das mulheres, visando a recuperação e/ou elevação de sua auto-estima e o reconhecimento do exercício de seus direitos”, comentou.

A psicóloga explicou que com a criação do DMM “está sendo dado um importante avanço, na busca para conquistarmos uma Delegacia da Mulher junto ao nosso município, a qual hoje é de fundamental importância a sua instalação aqui nesta região, para que possamos ajudar e dar um maior suporte á muitas mulheres que ainda hoje são vítimas de violência e descriminação de diversos tipos”, disse.

O DMM será instaldo na rua Marechal Floriano com a Carlos Gomes, nº 555 junto as futuras instalações do Cras da secretaria de Assistência Social.