Dia D de vacinação contra gripe A ocorre hoje em Santo Ângelo

0
136

Vacinação ocorre das 8h às 17h. Até ontem, 8.758 pessoas já haviam sido imunizadas

Ocorre hoje, das 8h às 17h, o Dia D de vacinação contra gripe A em Santo Ângelo. O município espera vacinar mais de 25 mil pessoas com a campanha. A vacina protege contra três subtipos do vírus da gripe – A (H1N1), A (H3N2) e influenza B. A vacinação começou na segunda-feira (25) e já teve grande procura em Santo Ângelo. Até o momento 8.758 pessoas já foram imunizadas, representando 46,34% dos grupos de risco. A meta é atingir 80% do público-alvo, sendo que, ontem, o percentual já estava em 46,34% de cobertura dos grupos.

Os grupos definidos para receber as doses são formados por aqueles considerados vulneráveis, por apresentarem maior risco de desenvolverem quadros graves da doença e óbito após infecção pelo vírus da gripe. Fazem parte dos grupos de risco pessoas com 60 anos ou mais, crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos, gestantes, mulheres até 45 dias depois do parto, e pessoas com doenças crônicas (respiratórias, cardíacas, renais, além de obesos e diabéticos). Além destes grupos, os indígenas também recebem as doses, diretamente nas aldeias; os profissionais de saúde se vacinam nos próprios locais de trabalho; e a população privada de liberdade, devido aos altos índices de doenças respiratórias. Até o momento existem seis casos suspeitos de gripe A em Santo Ângelo, no entanto, nenhum confirmado.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Imunizações da Secretaria de Saúde de Santo Ângelo, enfermeira Juliane da Rosa, assim como nas outras edições da mobilização, em 2016, a Secretaria de Saúde disponibilizará um serviço de atendimento a domicílio aos idosos que não podem se locomover até um dos pontos de imunização. Para receber a vacina em casa basta ligar para Secretaria de Saúde, pelo telefone (55) 3313-2144 e solicitar o atendimento residencial.

Conforme Juliane, quem está fora do grupo de risco deve aguardar o fim do período de vacinação, pois “se sobrar vacinas, elas serão disponibilizadas para o restante da comunidade”. Para prevenir-se da H1N1, a enfermeira sugere que “mantenha-se os ambientes arejados, evite-se aglomerações, use-se álcool gel sempre que for a lugares como bancos, supermercados, lugares em que muitas pessoas passam por dia, e também tenha-se o que chamamos de etiqueta respiratória, como colocar a mão na frente da boca na hora de espirrar ou de tossir, isso é uma forma de evitar qualquer tipo de gripe”, acrescenta.

Após o Dia D, a vacina continua sendo aplicada até o dia 20 de maio no Pronto de Atendimento Doutor Ernesto Nascimento Sobrinho (Posto da 22 de Março); Centro Social Urbano (CSU), Centro de Apoio à Mulher e à Criança e Postos de Saúde dos bairros Haller, Dido, Aliança, União, Braga, Rogowski, Indubras, Castelarim, Sepé, Subuski, Nova, São Carlos e Distrito de Buriti.

LOCAIS DA VACINAÇÃO
– Pronto Atendimento Doutor Ernesto Nascimento (Posto da 22 de Março)
– Centro de Apoio a Mulher e a Criança
– Centro Social Urbano (CSU)
– Postos de Saúde dos bairros Rogowski, Indubras, Castelarim, Sepé, Dido, Aliança, Subuski, Nova e São Carlos
– Praça Leônidas Ribas (Praça do Brique)