Dos dez casos notificados do Covid-19 em Santo Ângelo, quatro estão descartados

0
188
Números e ações foram apresentados em coletiva realizada na manhã desta sexta (27) no auditório do Procon. Foto: Fernando Gomes/Ai Prefeitura de Santo Ângelo

Números sobre o novo Coronavírus foram apresentados em entrevista coletiva. Município tem disponibilizado 40 respiradores na rede pública e privada de saúde.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira ( 27), foi atualizada a situação do Coronavírus em Santo Ângelo. Participaram da coletiva, o prefeito Jacques Barbosa; o secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro; o coordenador regional de Saúde, Iuri Sommer Zabolotsky; e a coordenadora da Secretaria Municipal de Saúde, Andréia Bernardi.

São dez casos notificados, com exames realizados e encaminhados ao Laboratório Central do Estado (Lacen). Destes, quatro já tiveram resultados negativos confirmados. Os resultados dos outros seis exames deverão ser conhecidos nesta segunda-feira, 30. Além disso, 112 pessoas que apresentaram síndrome gripal estão sendo monitoradas.

Dos quatro resultados negativos, dois são de médicos, um que esteve em Minas Gerais e outro que retornou de viagem à Europa. Santo Ângelo não conta com caso de Coronavírus confirmado.

CONTROLE
De acordo com o prefeito Jacques Barbosa, o controle obtido até agora é fruto das ações definidas pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus e a consciência da população. “Estamos determinando o que é recomendado pelo Ministério da Saúde, pelo Governo do Estado e por especialistas; e nos preparando preventivamente para uma segunda etapa da pandemia. Todas as medidas tomadas agora visam o “achatamento” dessa curva, para que o nosso sistema de saúde possa suportar a demanda”.

TESTES
Cavalheiro e Iuri esclareceram sobre os indicadores que foram adotados pelo Ministério da Saúde. Segundo eles, o ideal seria que fossem feitos testes em todas as pessoas, porém, isso é impossível. Todos os que apresentam sintomas gripais são cadastrados e monitorados e os exames são coletados apenas em profissionais de saúde e em pessoas internadas.

O secretário Cavalheiro afirmou que o prefeito Jacques Barbosa autorizou a compra de 200 testes rápidos, porém é difícil encontrar no mercado. “Conseguimos um laboratório que se comprometeu em entregar cem testes, mas solicitou prazo de dez dias”.

Quanto aos respiradores, Cavalheiro e Andréia afirmaram que o ideal, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), prevê três aparelhos para cada dez mil pessoas. Em Santo Ângelo, diante da população local, seriam necessários 24 respiradores e hoje são 40 disponibilizados.

Hospital Santo Ângelo pode ganhar cinco novos leitos de UTI

Cavalheiro esclareceu que a estrutura de atendimento montada em Santo Ângelo foi definida em conjunto com os hospitais e médicos. A UPA é a referência para possíveis casos de Coronavírus.

O Hospital Santo Ângelo (HSA) terá com uma ala específica para internação de pacientes com o vírus. Também serão colocados à disposição mais 60 leitos no HSA, mediante reforma que será viabilizada pelo Governo Municipal.

A estrutura do Hospital Santa Izabel, que está fechado há alguns anos, foi avaliada e também poderá ser utilizada em caso de necessidade. Outra alternativa é o Posto Médico Militar, que foi colocado à disposição pelo comando, atendendo os militares, mas podendo receber civis em caso de necessidade.

UTI
Quanto aos leitos das Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), o coordenador Iuri salientou que o Estado está estudando a ampliação. Conforme ele, o Hospital de São Borja possui sete leitos e pode ganhar mais dois. No HSA, são dez leitos com possibilidade de chegar a 15. E no hospital de São Luiz Gonzaga, que não possui UTI, existe a possibilidade de ganhar sete leitos. “Porém, para que isso se efetive, dependemos da autorização do Ministério da Saúde”, afirma Iuri.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here