Em recuperação, Vando relata como foi o progresso de sintomas de Covid-19

0
467
Ex-secretário Vando deve receber alta nesta terça-feira do HSA. Foto: Arquivo JM

Em entrevista ao Programa Rádio Visão, da Rádio Santo Ângelo, o ex-secretário Vando Ribeiro de Souza, falou sobre sua recuperação da Covid-19.

Vando relatou que começou a sentir os primeiros sintomas há alguns dias. “Antes de fazer a viagem (a Porto Alegre), senti um frio e uma dor no corpo, aí eu fui no médico, peguei remédios e tomei”, disse. Ele contou também ter sentido uma melhora com uso da medicação. “Fui viajar e quando voltei, estava muito cansado”.

O ex-secretário disse que viajou à Capital na quarta (22), mas na segunda-feira (20) já sentia os sintomas e na terça consultou. “Na terça de noite dormi e tomei um suador”, contou. “Achei que era normal, pensei que fosse gripe, porque também tinha uma tosse seca”, lembra. “Tomei um antialérgico porque achei que poderia ser uma alergia às flores e aí passou”, explica.

Ele foi a Porto Alegre na quarta (22) de tarde, de carro, no outro dia voltou, quinta-feira (23). “No sábado fui na casa de um amigo meu. Fui subir no apartamento dele e não consegui. Cansei”, relatou. O fim de semana e passou de repouso, em casa.

Vando contou que estes fatos aconteceram na semana de 20 a 26 de abril.

Nesta última semana, terça-feira, dia 28, disse que a dor foi mais forte. “Horrível. Um desanimo, sem poder caminhar, um calafrio. Tomei banho, cai na cama e tremi muito. Nesse dia vim direto pro hospital”, relata.

Na unidade, disse que foi atendido, foi verificada temperatura e recebeu uma nova receita. “O médico não me olhou, mas mandou uma receita para mim. Vi que os medicamentos eram os mesmos que já estava tomando. Aí vi que não era aquilo, não estava com gripe”. No dia seguinte, Vando disse ter procurado ajuda na UPA. Lá conta ter feito radiografia e exame de sangue, “lá dentro da UPA já fiquei afastado (isolado)”, relatou. Neste momento disse que começou a sentir falta de ar.

Ainda, Vando disse não saber de onde contraiu o vírus, “mas com certeza foi andando, trabalhando, foi aqui pela cidade”, ponderou.

O ex-secretário segue internado no Hospital Santo Ângelo (HSA), mas não está intubado. A estimativa é de que receba alta já nesta terça-feira (5). “Queria dizer que a rotina, o tratamento é bem pesado. Acordo às 5h30 para coleta de sangue, ingestão de medicamentos e passo o dia sendo monitorado”.

Vando agradeceu as mensagens de apoio que tem recebido. “O que é ruim para a gente e para a comunidade, são as pessoas que geram pânico, que fazem fake news, terrorismo e disseminam mentiras. Isso é ruim para o paciente, para a sociedade. Acho que as pessoas têm de se unir, ter amor no coração, buscar a Deus…Essas mentiras que inventaram é muito ruim para a família, para a sociedade e contribui em nada no combate ao vírus terrível, que vai atingir muita gente”.

REUNIÕES

Vando contou que participou de reunião na Capital, quando da viagem. Em Santo Ângelo, teve reuniões com integrantes do partido (MDB), que disse ter ficado pouco tempo. “Entrei, fiquei dez minutos e fui embora”. Com o coordenador de Saúde, Iury Sommer, disse ter se encontrado em uma janta. Ele disse, também ter visitado familiares. Com o prefeito, Jacques Barbosa, Vando esteve no Ginásio Marcelo Mioso, onde foi verificada obra da quadra.

Mais informações na edição impressa do Jornal das Missões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here