Em tempo de isolamento social, como é seu dia-a-dia?

0
638

Trabalho como docente há 40 anos! Nunca havia vivenciado um isolamento social. Porém, fomos nos adequando rapidamente, diante das demandas urgentes que as circunstâncias exigiam. Atuo hoje, como docente pedagoga, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFar) Campus de Santo Ângelo e, trabalho essencialmente com formação de professores, no Curso Superior de Licenciatura em Computação.

Assim, o cotidiano, continua com intenso estudo e planejamento de ações, capazes de desafiar, os acadêmicos em formação, a pesquisar, analisar, sintetizar, interpretar, apreender, produzir conhecimentos e fortalecer a sua autonomia intelectual.

Trata-se de um trabalho sério e responsável, reconhecendo que o compromisso maior do professor é o zelo pela aprendizagem dos alunos.

Essa rotina, tem se apoiado nas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC), que permite nos aproximar dos estudantes, para melhor orientar, incentivar, encorajar e apoiar, nas inúmeras atividades encaminhadas, como por exemplo: construir um projeto de estágio; analisar uma obra que trata dos compromissos dos educadores; discutir a relevância da inserção das TDIC na educação básica; interpretar um filme, que retrata o papel da família e dos professores na vida escolar de crianças, adolescentes e jovens; estudar legislações do campo da educação; entre tantas outras.

Portanto, o isolamento social de uma professora, é de muito trabalho, assessoria, acompanhamento e avaliação das tarefas propostas.

Além disso, reuniões periódicas com gestores, se mantiveram e, periodicamente, no coletivo de servidores do IFFar, são alinhados procedimentos que garantam qualidade ao processo de ensino e aprendizagem.

Acredita-se que, assim como diz o pesquisador António Nóvoa, nesse tempo de isolamento social, não é possível, abandonar nossos alunos.

Ao contrário, é preciso ser presença na vida de cada um, para que compreendam o valor da educação, como caminho para se constituir um cidadão e um profissional, capaz de construir sua história, seu projeto de vida e participar ativamente da vida em sociedade.

 

Eliane  de L. Felden

Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Farroupilha Campus Santo Ângelo

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here