Empresa realiza pesquisa de tráfego na ERS-344 em Santo Ângelo

0
89

DNIT encomendou pesquisa, pois pretende construir uma nova estrada até Santa Maria

 A empresa Gnoatto Botoni – Engenharia e Consultoria Ltda de Porto Alegre, terceirizada da Serviços Técnicos de Engenharia SA (STE) está realizando desde terça-feira (14), uma Pesquisa de Tráfego na ERS-344, em Santo Ângelo. A pesquisa foi encomendada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que pretende construir uma nova rodovia, que iniciaria em Santo Ângelo, passaria por Jóia e Júlio de Castilhos e terminaria em Santa Maria.

Segundo a coordenadora do grupo de pesquisadores, Marinês Soares, o que está sendo feito é um levantamento da origem e destino de todos os veículos que trafegam na rodovia.

São dois tipos de questionários; um para veículos leves, e outro, para veículos pesados. Para motoristas de veículos leves é perguntado qual a origem e o destino do veículo e qual a frequência que utiliza a rodovia. Para motoristas de veículos pesados, de dois a nove eixos, é questionado a origem, o destino, a frequência, o motivo do uso da rodovia (trabalho, saúde, estudos…), tipo de carga, valor da carga e tara do veículo (peso bruto do cavalinho).

Diariamente, três pesquisadores, abordam cerca de 120 veículos em cada um dos lados da rodovia, no km 101, em frente ao posto do Grupo Rodoviário da Brigada Militar. Esta atividade termina hoje.

Um outro grupo, com três pesquisadores, também começaram na terça-feira, a contagem volumétrica de trânsito. Esta contagem é feita durante 24 horas por dia e só termina na próxima segunda-feira (6). Este grupo está instalado com sua base, no km 100 da ERS-344, próximo ao Hotel Barranco, e realizam a contagem de veículos nos dois sentidos da pista. Dados preliminares revelam que, uma média de 200 veículos passam pelo local, a cada hora, nos horários de maior pico.

A partir da próxima semana, todos os dados serão contabilizados e enviados ao DNIT.

Conforme a Gnoatto Botoni – Engenharia e Consultoria Ltda, a ERS-344 foi escolhida para a realização da pesquisa por ser a rodovia de maior movimento na região. A intenção de construir uma nova estrada surgiu para tentar desafogar o trânsito nesta rodovia.