Escolas de samba divulgam temas enredo para 2013 mas estão preocupadas com o repasse de recursos

0
76

 A data do Carnaval de Rua 2013 já está definida. Será no dia 23 de fevereiro, às 20h30min, na Marechal Floriano. Outra definição são os temas enredos. Das seis escolas inscritas para desfilar, apenas uma ainda não definiu o assunto a ser abordado neste carnaval.

Mas o que mais preocupa as agremiações é a dificuldade para captar recursos que possam financiar a produção carnavalesca. É o que afirma o presidente da Liga das Escolas de Samba de Santo Ângelo (Liessa), Paulo Peres. “Estamos nos reunindo com a administração municipal e os presidentes das escolas para discutirmos onde buscaremos recursos. A promessa é de que a Prefeitura auxilie um pouco e o restante a iniciativa privada”, destaca.

A expectativa das escolas de samba é de um gasto médio de R$ 50 mil para a confecção de fantasias, carros alegóricos, manutenção das baterias, alimentação, despesas de barracão, etc.

A Mocidade Independente da São Carlos definiu como tema “Fogo: divindade de luz, alma e espírito”. A presidente Marisa Schmitt observa que diante da dificuldade somente colocará a escola na avenida se o repasse público for liberado até a próxima semana. “Não podemos nos comprometer com mais dívidas”, frisa.

A Imperadores do Samba tem como tema para 2013 “De lá ou de cá: de que lado você está?”, uma abordagem sobre os opostos da vida. “Estamos contatando com empresários em busca de recursos para o carnaval, mas nem todos investem na cultura. Até há certo preconceito ao carnaval e isto nos deixa triste porque esta é uma festa que une desde a criança até o vovô. Parabéns aqueles que colaboram. Também dependemos da Prefeitura para fazermos o desfile, do contrário fica enviável”, destaca o presidente Odair Kotowski.
A Acadêmicos do Improvizo fará uma aproximação da história do México com as Missões através do tema “México e Missões: coincidência e perfeição que pinta os Sete Povos e mexe com o coração”.

Este ano a Unidos da Zona Sul volta a participar do desfile trazendo dicas de como as pessoas podem viver com mais qualidade através do tema “Eu quiz, eu consegui: a alegria e o lazer vencem o estresse”.

A Grande Pippi vai levar para a avenida a cultura sertaneja, a chegada do império e da realeza e o povo sertanejo com o tema “Grande Pippi vai mostrar o Nordeste: duas culturas se encontram numa mistura singular”.

A Império da Zona Norte ainda discute entre a sua diretoria dois temas que não foram divulgados. “Mas para desfilar precisamos de dinheiro e a Prefeitura é a nossa grande aposta para esta parceria”, salienta o presidente Paulo Machado.

O secretário de Turismo e Esportes, Marcos Mattos, disse que esteve reunido na quinta-feira (3) com o prefeito Valdir Andres e com os secretários Geral e de Fazenda. “Queremos renovar o convênio que temos com a Liga e aumentar os recursos para, de R$ 40 mil para R$ 60 mil ou R$ 80 mil, divididos entre as seis escolas. Também já temos alguns patrocinadores fechados para o Carnaval deste ano”, frisou.

A expectativa é de que o convênio de repasse de recurso público seja apreciado pela Câmara já na próxima segunda-feira (7).