Férias na rede estadual não serão antecipadas em função da Gripe A

0
91

O calendário das férias escolares de inverno na rede estadual não sofrerá alterações, apesar dos números de casos de Gripe A já registrados no Rio Grande do Sul. A Secretaria Estadual da Educação (Seduc) informa que, na ausência de um agravamento da situação da incidência da Gripe H1N1, as férias nas escolas estaduais não serão antecipadas.

De acordo com o titular da Seduc, Jose Clovis de Azevedo, qualquer alteração só será autorizada depois de passar por avaliação e decisão do secretário, sob orientação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e do centro de Governo.

O antiviral Oseltamivir, de nome comercial Tamiflu, é o indicado para o tratamento da Gripe A e está disponível gratuitamente em todo o Estado. O seu uso no início do aparecimento dos primeiros sintomas da gripe é fundamental para impedir o agravamento dos casos, especialmente de gripe A (H1N1).

O tratamento pode ser prescrito tanto por médicos do SUS como particulares, com a dispensação, sem custos, garantida pela rede pública. Para tornar mais ágil a solicitação do medicamento, a SES não exige mais o preenchimento do formulário de dispensação, o profissional precisa apenas utilizar o Receituário de Controle Especial.

A outra medida fundamental para diminuir a circulação dos vírus da gripe é a adoção de hábitos simples. Confira:
– Higienizar as mãos com frequência;
– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
– Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
– Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
– Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;
– Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;
– Evitar visitas a hospitais;
– Ventilar os ambientes.