Formadas comissões para realização do projeto de hospital público regional

0
83

Reunião para discutir o assunto foi realizada no auditório da Secretaria Municipal de Educação

Foi realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação, na quinta-feira (16), um encontro para debater o projeto de instalação de hospital público regional nas Missões/Noroeste. A atividade contou com a participação do prefeito Eduardo Loureiro, o vereador Gilberto Corazza, o prefeito de Entre-Ijuis, Paulo Meneghini, o diretor da URI e presidente do Corede/Missões, Maurílio Tiecker, e Lisete dos Anjos, representando a 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, entre outros representantes dos mais diferentes segmentos da comunidade.

Durante o encontro foi relatada a luta histórica de Santo Ângelo e da região em defesa da saúde pública, onde se destacou a grande mobilização pela recuperação do Hospital Santo Ângelo, a luta pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), na qual Santo Ângelo está buscando uma extensão na área das Ciências da Saúde, tendo em vista a conquista histórica do Instituto Federal Farroupilha que priorizou inclusão do eixo tecnológico da saúde pública.

Na parte inicial da reunião, o prefeito Eduardo Loureiro fez um amplo relato sobre o tema e apresentou o compromisso do governo municipal e de lideranças de organizações da sociedade civil, em torno desse projeto que prevê acesso 100% SUS, disponibilizando serviços de alta complexidade, inclusive com possibilidades de residência médica.

A instituição deverá ser gestada por uma “Fundação Pública de Direito Privado” composta pelos municípios das Missões e outras regiões do Noroeste do RS. Os investimentos em termos de infraestrutura e equipamentos deverão ser buscados através do Governo Federal, e o financiamento e custeio serão pelo SUS, com base nos serviços de alta complexidade.

Foi reiterado que a região das Missões precisa pactuar em torno de um projeto consistente do futuro Hospital Público Regional, com bases nas necessidades, carências e demandas efetivas da região e macrorregião. A ideia é a constituição de uma coordenação unificada para toda a região missioneira. Num segundo momento, deverão ser pactuadas em dados técnicos, demandas efetivas e a questão da sede (ou das sedes) para a instituição.

Conforme o prefeito Eduardo Loureiro, para que o Hospital Público Regional aconteça, é necessário o envolvimento de municípios das regiões de Santo Ângelo, Grande Santa Rosa e Ijuí.

“O formato, quantas unidades, especialidades, serviços que vai prestar, é um trabalho que estamos iniciando e fazendo a partir de agora. Depende do envolvimento de todos os municípios. São os municípios que irão manter esse hospital. Então na medida em que tivermos a capacidade de realizar um projeto que contemple esses questões e formar convênios, poderemos tornar realidade o projeto do hospital público regional”, afirma.

Foram criadas duas comissões (uma técnica e outra política) para cuidar da mobilização de toda a cidade e região na luta por um hospital regional público.

COMISSÃO DE MOBILIZAÇÃO MICRORREGIONAL

– Executivo Municipal: Prefeito Eduardo Loureiro;
– Câmara de Vereadores – Mesa Diretora – Vereador Gilberto Corazza;
– Acisa – Bruno Krug
– URI/Corede Missões: Maurílio Tiecker;
– OAB – Paulo Leal;
– Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicado Rural;
– Sindicatos de Trabalhadores: Volmari Carneiro (Municipários) e Almiro Copetti (Bancários);
– Controle Social – CMS – Santo Ângelo;

GRUPO TÉCNICO PARA FORMATAÇÃO DO PROJETO DO HOSPITAL PÚBLICO REGIONAL: 
– 12ª Coordenadoria de Saúde;
– Secretarias municipais de Saúde – Santo Ângelo e Entre-Ijuís;
– Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Santo Ângelo e região;
– Instituto Regional de Saúde Pública;
– URI – Campus de Santo Ângelo;

REUNIÃO EM SÃO LUIZ GONZAGA

Nesta sexta-feira, foi realizada em São Luiz Gonzaga uma reunião envolvendo prefeitos e secretários de Saúde da Associação dos Municípios das Missões (AMM), para tratar do tema. Ficou definida a formação de um grupo técnico para a elaboração do projeto para a região das Missões; de uma frente de deputados que será coordenada pelos deputados Jeferson Fernandes e Pedro Westphalen, que já têm a manifestação de apoio dos deputados Marco Alba, Valdeci Oliveira, Perondi e Elvino Bohn Gass; a criação de um Conselho de Prefeitos da região das Missões e também, um Comitê Macrorregional constituído por lideranças políticas e sociais.

No dia 17 de março haverá uma plenária pública para debater este tema, assim como apresentação do esboço do projeto do hospital público regional.