Funcionários da Viação Tiaraju iniciam paralisação

0
98
A paralisação, de forma parcial, acontece nesta quarta e quinta-feira. Caso não ocorra uma negociação, a partir de sexta-feira (16), será ampliada.

Pedido dos trabalhadores é pela manutenção do pagamento do vale-alimentação, quinquênio e prêmio de pontualidade – direitos que estavam no acordo coletivo, mas foram cortados, segundo o que dizem os trabalhadores.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Transportes, Márcio Francisco de Souza, as tentativas de negociação com a empresa vem desde julho. “Fizemos duas assembleias com os trabalhadores e decidiram fazer essa paralisação.”

Conforme vice-presidente do Sindicato e motorista da Viação há oito anos, Josué Francelino, a alegação da empresa é que o Sindicato perdeu o prazo para apresentação de proposta. “Mas nós temos e-mail e documentação que passamos em dia”, diz.

O diretor da Viação Tiaraju, Marco Cortez, disse que a mobilização se iniciou com a extinção do acordo coletivo, que inicia dia 29 de julho, “e desde a primeira semana (daquele mês), a empresa procurou o Sindicato para realizar as negociações, mesmo sob forte crise financeira.”

Conforme Cortez, as negociações não evoluíram e o acordo coletivo acabou sendo extinto em agosto. Ele diz que a classe chegou a pedir um aumento de 43% de reajuste no vale-alimentação.

“A empresa tomou a iniciativa de, semana passada, protocolar no Ministério Público do Trabalho um pedido de mediação. O Sindicato, por sua vez, no mês de julho, deveria ter ajuizado o acordo coletivo, também mas não o fez (assim como não havia feito em 2018).”

A paralisação, de forma parcial, acontece nesta quarta e quinta-feira. Caso não ocorra uma negociação, a partir de sexta-feira (16), será ampliada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here