Giruá realiza pré-seleção para o Programa Meu Lar

0
95

A Administração de Giruá e uma comissão do município reuniram-se nesta semana para definir as pré-seleções dos beneficiados pelo Programa Meu Lar. O encontro, realizado nos dias 5 e 6 no gabinete do prefeito, definiu a pré-seleção com sistema de cotas e de pontuação. Assim, além da livre demanda, foram observadas cotas mínimas de garantia a grupos de idosos, pessoas com deficiência, integrantes do Programa Giruá Sem Miséria e jovens casais.

O Programa Meu Lar, lançado em janeiro desse ano, tem por objetivo a construção de 250 moradias no município de Giruá, das quais 150 serão urbanas, divididas em modalidades para pessoas com e sem terreno, e 100 rurais. Foram mais de 500 inscritos. Porém, apenas 337 pré-candidatos apresentaram toda a documentação necessária e tiveram seus pedidos deferidos.

CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

A pontuação cumulativa atendeu a sete critérios, em que os candidatos com maior número de pontos foram classificados. Os critérios criados pela equipe técnica do Programa, baseados em legislação municipal e federal, foram: integrar o Programa Giruá Sem Miséria; residir em área de preservação permanente, área de risco ou estar desabrigado; mulher como única responsável pela unidade familiar; famílias com pessoas com deficiência; idoso como responsável pela família; jovens casais (na forma do edital); número de pessoas que moram juntas e dependem da renda familiar.

Cada item possui uma pontuação específica que somada não ultrapassa os 100 pontos. Em caso de empate, uma avaliação técnico-social (que envolve dados como renda e número de dependentes) foi usada como critério de decisão.

INSCRIÇÕES

A previsão é de que para o início da próxima semana os nomes dos pré-selecionados sejam conhecidos. Depois dessa etapa municipal, as inscrições dos pré-selecionados serão encaminhadas para auditorias na Crehnor, na Caixa Econômica Federal e, por fim, no Ministério das Cidades, em Brasília, de onde virá a lista definitiva dos beneficiados. 

COMISSÃO

A reunião para definir os trabalhos de pré-seleção dos beneficiados envolveu uma comissão, formada pelo prefeito Fabiam Thomas, o vice-prefeito Elton Mentges, a secretária municipal de Promoção Humana Carolina Konzen Thomas, o presidente da Câmara de Vereadores Andrei Schnorr dos Santos e o presidente do Conselho Municipal de Habitação Elvio Bidal Garcia, além da equipe técnica da Casa da Família e assessoria jurídica.