HSA receberá R$ 4,8 milhões com pagamento de dívida pelo Estado

0
91

Os recursos serão disponibilizados através de uma linha de crédito obtida pelo Funafir

Com a presença de gestores de hospitais filantrópicos, públicos e santas casas, o governador José Ivo Sartori, anunciou na segunda-feira (20), durante cerimônia no Palácio Piratini, recursos para saldar as dívidas que o Estado tem com 49 instituições, priorizando quem presta atendimento pelo SUS.
Entre as instituições está o Hospital Santo Ângelo (HSA). Os recursos ficarão disponíveis através de uma linha de crédito obtida pelo Fundo de Apoio Financeiro e de Recuperação dos Hospitais Privados sem Fins Lucrativos (Funafir), ou seja, a casa de saúde irá retirar empréstimo junto ao Banrisul, que será pago pelo governo em 18 parcelas até novembro de 2018.

A previsão é de que o HSA receba de R$ 4,8 milhões para quitar suas dívidas com fornecedores, por exemplo. Na instituição, não há salários atrasados do corpo médico que atua no hospital via CLT. O que acontece é que o HSA têm acertos pendentes com profissionais médicos que atuam por empresas prestadoras de serviços.

Para garantir os recursos, cada instituição deve apresentar a documentação necessária em agências bancárias do Banrisul para aderir ao financiamento, o que já foi feito pelo Hospital Santo Ângelo. A previsão, segundo o provedor do HSA, Odorico Bessa Almeida, é de que o valor seja liberado nos primeiros dias de março, após análise da documentação feita pelo Banrisul.
O provedor explica que este valor “não é dinheiro novo, ou seja, são valores que já foram gastos pelo hospital e serão utilizados para cobrir as dívidas que a instituição tem”. Almeida complementa que as prioridades da instituição serão os pagamentos daqueles médicos prestadores de serviços e de fornecedores daqueles materiais e medicamentos que não podem faltar no hospital. “Com os recursos, a situação do hospital vai melhorar muito. É um dinheiro que nos dará fôlego. Vamos poder respirar melhor”, reforça.

Além do Hospital Santo Ângelo, referência regional, outras importantes instituições também serão contempladas com os recursos liberados através do Funafir, como casas de saúde nos municípios de Ijuí, Santa Rosa, São Luiz Gonzaga, Três Passos e Palmeira das Missões.

Mobilização
O deputado estadual Eduardo Loureiro, ressalta a importância dessa quitação de dívida como fruto de toda uma mobilização, inclusive da Assembleia Legislativa, através da Frente Parlamentar em Defesa das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, no sentido de reforçar a priorização do pagamento da dívida com os hospitais pelo Estado. “Os hospitais filantrópicos são responsáveis por atender 75% da demanda do SUS, ou seja, são instituições essenciais para aquelas pessoas que precisam e dependem do serviço de saúde pública. Trata-se da valorização deste público que não tem como pagar pelo serviço de saúde”, afirma o parlamentar. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here