Iesa inicia ano letivo com novidades para os estudantes

0
84

O dia 17 de fevereiro, segunda-feira, será marcado pelo retorno dos estudantes do Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo (Iesa). Serão mais de 600 novos acadêmicos circulando pelos corredores, pertencentes aos seis cursos de graduação presenciais – Biomedicina, Fisioterapia, Ciências Contábeis, Administração, Pedagogia e Direito – e aos cursos EAD, de Ensino a Distância.

“Segunda-feira será o dia de acolher nossos estudantes, integrando os novatos às atividades das duas instituições”, destaca o diretor Júlio César Lindemann.

No final da tarde de segunda-feira, o Iesa começa a receber seus acadêmicos. O acolhimento inicia-se às 19h30min, no Auditório Azul, tendo sequência com atividades isoladas em cada graduação. Os coordenadores terão espaço para falar sobre o funcionamento dos seus cursos.

MELHORIAS
No primeiro dia de aula, os estudantes do Iesa e do Colégio Sepé poderão usufruir a nova cantina, concluída durante o período de férias. Chamada de CnecCafé, a cantina foi cuidadosamente pensada para oferecer um ambiente agradável aos alunos, seja no período de lazer ou de estudos. A decoração ficará a cargo de quadros de grandes pensadores, a exemplo do sociólogo Zygmunt Bauman e do filósofo Luc Ferry.

De acordo com o diretor Júlio César Lindemann, concluída a cantina, iniciam-se as obras no antigo bar. No prédio 4, ficará localizado o novo acesso às instituições, porta de entrada para estudantes e visitantes. “Neste novo espaço, também ficará localizada a central de atendimento ao público. O nosso desejo é qualificar os serviços, além de garantir acessibilidade a toda a comunidade cenecista”, destaca o professor.

A inauguração da cantina, que vem acompanhada de melhorias na área de convivência, faz parte de uma série de obras que a direção vem realizando. Primeiro, foram reformados os prédios 1 e 2 do Iesa. Portas corta-fogo foram implantadas e um elevador instalado no prédio 3. Na nova etapa, que envolve a área de convivência, foram construídas novas salas aos diretórios – já ocupadas pelos alunos.