Imperadores do Samba vai cantar a liberdade e a diversidade na avenida

0
88

Conforme a presidente, Grace Taday, no desfile haverá a participação de 200 componentes

Todos os dias esquenta a temperatura no barracão da Imperadores do Samba, localizado nas antigas instalações do Poliesportivo do Santo Ângelo. São os ensaios da bateria que ditam o ritmo dos tamborins. Num trabalho permanente, durante o dia equipes de colaboradores e carnavalescos atuam na confecção de fantasias, alegorias e preparação dos carros alegóricos. A escola é comandada pela presidente, Grace Rodrigues Taday, e pelo vice-presidente, André Felipe Rocha.

A presidente conta que neste ano a Imperadores do Samba vai apresentar na avenida o samba-enredo “Carnaval: um canto de liberdade, viva a festa da diversidade”. O autor do samba é Carlos Eduardo Rodrigues e a interpretação será feita por Cláudio Cardozo (Carioca), Anderson Ribeiro (Careca), Cláudio Vargas e Ezequiel.

DESFILE

Grace Taday explica que a escola vai mergulhar na magia do Carnaval, fazendo uma viagem à Grécia Antiga, passando pela Idade Média até os dias de hoje. O samba-enredo procura destacar o respeito à diversidade, mesmo diante das diferenças sociais, étnicas ou culturais, pois todos se tornam iguais na morte, sem discriminação e preconceito. “Esse é o lema do nosso samba-enredo. Num canto de liberdade festejamos a diversidade”, diz.

No desfile, serão 200 componentes, com três carros alegóricos e sete alas. O carnavalesco responsável pela escola é Lucimar Costa, de Ijuí, que conta com o apoio da assessora Giovana Vendramini. O estandarte da Imperadores é Flávia Burdinski. Vão abrilhantar o desfile da escola o mestre-sala, Robson Rodrigues, e a porta-bandeira, Rúbia Roth Fonseca.

O mestre de bateria é Carlos Eduardo Rodrigues, o diretor de bateria, José Neri Ribeiro (Tiricia), e a madrinha de bateria, Bruna Escobar. Além desses nomes, desfilarão pela Imperadores a musa da harmonia, Daniele Amarante, a corte da escola Tanise Vargas (rainha), 1ª princesa, Jacqueline Mousquer, e 2ª princesa, Juliana Souza.
 

LETRA DO SAMBA-ENREDO 2014

Vem sambar
Tá liberado, vem participar
Seja você mesmo, curta sua liberdade.
Imperadores canta a diversidade

Abre-se o portal da fantasia
Pode preto, pode branco.
Pode verde e amarelo, nessa folia.

Seja rico, ou seja pobre
Hoje sou nobre sonhador
Nessa noite de esplendor

Entregue seu coração, vem desfilar
Me dê a mão, vou te pegar
Vai ter lugar pra qualquer um
No bole-bole do patinbumbum

Bate bumbum, taracata bum bum
No meu ziriguidum
Tá rolando por aí o tititi
Tô na área… Imperadores vem aí

Mesmo o Feliciano também pode
O próprio nome já diz
Viva a diversidade,
E vem com o povo ser feliz!

No carnaval e até na morte
Vale o mesmo critério
Todos são iguais
Quando o assunto é festa ou cemitério

Levanto a bandeira da paz
E dos direitos sociais

AUTORIA DO SAMBA:
LETRA: Carlos Eduardo Rodrigues
INTÉRPRETES: Cláudio Cardozo (Carioca), Anderson
Ribeiro (Careca), Cláudio Vargas e Ezequiel.