Império da Zona Norte levará emoção à passarela com homenagem a carnavalesco

0
84

Luis Carlos Benites de Lima, o Amarelo, será o tema da escola, que pretende reconhecer seu trabalho

Surgida em 11 de março de 2008, a Império da Zona Norte promete levar muita emoção ao homenagear o carnavalesco Luis Carlos Benites de Lima, o Amarelo, falecido em 11 de agosto de 2012. Amarelo será o tema do desfile do Carnaval de Rua da escola de samba.

Conforme o presidente da Império da Zona Norte, Osmar Campos, a intenção é homenagear um dos criadores e incentivadores do Carnaval de Rua de Santo Ângelo. “O Amarelo foi uma figura muito querida por toda a comunidade santo-angelense. Ele foi um dos fundadores do carnaval, também tinha relação com o esporte, em especial com o futebol amador. Ajudou a criar o projeto do novo Ginásio Marcelo Mioso, além de ser um torcedor fanático da SER Santo Ângelo. Será emoção e grande alegria fazer esta homenagem que é o reconhecimento do seu trabalho”, afirma Osmar.

A porta-bandeira e carnavalesca Luciana Lacerda, que ficou afastada da escola por dois anos, agora volta para homenagear o amigo Amarelo. “É muita responsabilidade, pois levamos o pavilhão, o nome da escola, a sua bandeira. É uma figura ilustre que me emociono em representar”, comenta Luciana. Para a carnavalesca, este será um tema muito rico. “O Amarelo é uma figura muito querida, estou feliz de homenageá-lo.” Com relação à coreografia ela destaca: “O público pode esperar um bailado maravilhoso”.

Componentes da Escola

A Império da Zona Norte contará com cerca de 350 componentes, divididos em 7 alas. A bateria deverá ter aproximadamente 60 componentes. Em uma das alas amigos do Amarelo e autoridades desfilarão.
A comissão de frente será composta pelo Grupo Lado B da Rua e comandada pelo coreógrafo Cláudio Matzembacher, mais conhecido como Pano. A direção de alegorias fica por conta de Clayton Cardoso. A porta-estandarte é Elizabete da Silva. O mestre-sala que fará sua estreia é Cleiton Radan. A madrinha de bateria será Liane Lacerda.

O vice-presidente Fábio Amaral é também o mestre de bateria. A composição é de Luis Carlos Leite e Carlos Nunes (Preto). Preto será o interprete e contará com o apoio de Roberto Belo, Rejinilza Nilva e Genilson. Clóvis no cavaco e João Cocan, no violão, interpretarão o samba enredo “A Império nesse carnaval, estende seu manto sagrado para o amarelo passar!”

A escola ensaia na Praça do Tamoio, na Zona Norte da cidade. E em breve fará a inauguração de seu barracão, situado na Rua Clotário de Oliveira, próxima à Avenida Getúlio Vargas, antes do trevo de acesso a URI.