Inaugurado o Centro de Referência de Assistência Social da Zona Norte

0
101

Novo Cras fica na esquina da Rua Marechal Floriano com a Carlos Gomes

Na tarde da terça-feira foi inaugurado mais um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em Santo Ângelo. Instalado na Rua Marechal Floriano com a Carlos Gomes, nº 555, o Cras tem por finalidade atender famílias em situação de risco e vulnerabilidade social. A atividade marcou também a despedida do secretário de Assistência Social, Trabalho e Cidadania, André Marques, e contou com a presença do prefeito do município Eduardo Loureiro, o vice-prefeito Adolar Queiroz, e o chefe de gabinete Francisco Medeiros, que deverá ocupar o cargo de Marques.

Em sua manifestação, o prefeito Eduardo Loureiro enalteceu o trabalho desenvolvido por André Marques, e destacou a instalação do Cras da Zona Norte, que deverá atender às demandas da população.

PROGRAMAS

A administração municipal formou uma ampla rede de proteção da criança ao idoso, através de projetos como o Cuidar, Idoso Protegido, Projeto Santa Bárbara, Projovem Adolescente, Despertar com Arte, Sentinela Missioneira, Viver Bem, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que juntos atendem mais de 800 crianças e jovens na faixa etária de 0 até 18 anos incompletos.

ORGANICAÇÃO

Além disso, cerca de 930 famílias são atendidas pelo programa Bem Nutrir. Já através do Cuidar, mais de 400 famílias de crianças em situação de risco social recebem orientação. Os trabalhos são desenvolvidos em núcleos organizados em 10 bairros. Neles são desenvolvidos cursos que buscam a geração de renda. As pessoas com mais de 65 anos, em situação de vulnerabilidade social, também recebem uma atenção especial do poder público, por meio do projeto Idoso Protegido, desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social. Ao todo 380 pessoas são atendidas pelo programa que fornece auxílio-alimentação e possibilita atividades de lazer aos idosos.

DESCENTRALIZAÇÃO

Para o desenvolvimento desses serviços a prefeitura implantou, de forma descentralizada, centros de Referência em Assistência Social nos bairros Sepé, Garibaldi Carrera Machado, Santa Bárbara, no Centro Social Urbano (bairro Pippi) e no Cras Missões (na área central da cidade). O projeto abrange mais de 50 bairros e atende as crianças no turno inverso ao das aulas. Em cada Cras são atendidas uma média de 3 mil famílias. A prefeitura também instalou o Centro de Referência Especializada de Assistência Social que atende crianças, jovens e idosos vitimados pela violência, abandono, exploração sexual e violação de direitos. Nessa área, o município firmou parceria como o Movimento das Mulheres Trabalhadoras Urbanas (MMTU) que atende esta demanda pelo projeto de Bem com a Vida e a Natureza.