Legislativo busca aporte para universitários do meio rural

0
97

Reunião realizada ontem debateu possibilidade de linhas exclusivas para universitários do interior

Na última semana a Câmara Municipal de Vereadores realizou uma audiência pública que debateu sobre o rompimento do convênio do Executivo municipal para o transporte escolar estadual, além da competência legal de quem fará o transporte dos universitários do meio rural em 2016. No ano anterior o transporte era feito pela prefeitura, através do setor de Transportes da Secretaria Municipal de Educação.

NOVO DEBATE
Após amplo debate, uma nova reunião foi agendada para a manhã de ontem, quando os temas foram discutidos entre lideranças ligadas à área de educação, vereadores, estudantes e familiares de alunos que residem na zona rural do município. O encontro foi conduzido pelo presidente da Casa Legislativa, Gilberto Corazza e contou com a participação do promotor de Justiça Regional de Educação, Márcio Bressan.
Conforme Corazza, as reuniões têm acontecido porque, apesar de ter havido o rompimento do convênio por parte do Executivo, é necessário garantir a educação dos jovens do meio rural. “Para mim, essa decisão do prefeito foi um equívoco. Já conseguimos definir que, para potencializar recursos, as linhas municipais e estaduais serão integradas. Não existe motivo de duas linhas passarem pelo mesmo lugar”, destaca o presidente do Legislativo.

TRANSPORTE PARA UNIVERSITÁRIOS
Outra questão, essa ainda não definida, é como os universitários que moram no meio rural serão transportados até as instituições de ensino a partir deste ano. “Antes o município organizava uma espécie de “carona solidária”, para esses alunos. Agora esse é um investimento que será feito por alguém, já que os alunos não têm condições de pagar por esse transporte. Nossa proposta é de que o município licite duas ou três linhas para os universitários. O prefeito foi recíproco e está avaliando essa possibilidade, que acredito que seria o mais viável”, explica.
Corazza garante que está prevista para a tarde de hoje uma reunião de trabalho com representantes das instituições de Ensino Superior e Técnico do município para a discutir sobre as necessidade e possibilidade de aporte por parte das mesmas.