Liberados recursos para construção de terceira pista em trechos da BR-285

0
87

Previsão é de construção de faixa duplicada em cinco quilômetros de Entre-Ijuís a Ijuí

A BR-285, entre os municípios de Entre-Ijuís e Panambi, passando por Coronel Barros, Ijuí, Bozano e Pejuçara, deve receber nos próximos meses obras de construção de terceira pista. O tema foi tratado nos últimos dias, durante encontro no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Participaram do encontro o prefeito de Panambi, Miguel Schmitt-Prym, acompanhado do engenheiro Cajar Nardes, ex-diretor de projetos do Departamento e atual presidente do PR, partido do qual faz parte o ministro dos Transportes e o diretor-geral do Dnit.

De acordo com Nardes, em 2011, quando estava no Ministério dos Transportes, foram encaminhados projetos de melhorias da BR-285. “São investimentos para melhorar a trafegabilidade para o usuário da nossa região. É uma rodovia bastante movimentada, que tem um movimento de 8 a 10 mil veículos por dia. Nesse programa do Governo Federal, denominado Crema 2, serão investidos R$ 550 mil por quilômetro e, dentro disso, conseguiremos colocar a terceira pista”, explica.

O engenheiro disse ainda que os investimentos serão para cerca de 90 quilômetros e passam de R$ 150 milhões. “É um investimento importante, pois mexe na estrutura e funcionalidade da pista. Beneficia pessoas de comunidades carentes e pequenas. É toda uma gama de investimentos. Já temos a empresa vencedora, a assinatura do contrato ocorrerá nos próximos dias e, após isso, em até 120 dias as obras irão começar”, disse Cajar.

Os locais que receberão as terceiras pistas são de, aproximadamente, cinco quilômetros de Entre-Ijuís a Ijuí e cerca de nove quilômetros entre Ijuí e Panambi, principalmente nos pontos de dificuldade de ultrapassagem. Em 2011 já foram duplicados mais de cinco quilômetros entre Ijuí e Entre-Ijuís. Em relação ao prazo de conclusão, a partir do momento que começar, será concluído em seis meses.

MAIS OBRAS NA RODOVIA FEDERAL

“O projeto já está aprovado e encaminhado. A obra está garantida”, afirmou Nardes. Sobre a previsão de mais obras, o engenheiro diz que já existem outras encaminhadas nos municípios da região e cita Coronel Barros e Bozano. “Bozano está com um projeto de travessia urbana, um município importante na região que produz grãos e leite. Em Coronel Barros, estamos fazendo uma grande obra, que é o novo acesso ao município, que envolve R$ 11 milhões”, explica.

Em Panambi, os trevos serão todos refeitos, em virtude dos grandes acidentes que ocorrem ali. “São grandes investimentos na BR-158 e BR-285. As terceiras pistas servirão para desafogar o trânsito e são destinadas para ser usadas por caminhões”, finaliza Cajar.

O Dnit anunciou que vai realizar, até fevereiro de 2014, licitações de R$ 21 bilhões para a construção de novas estradas e manutenção das atuais em todo o país.