Loureiro anuncia autorização para licitar obra do Aeroporto

1
214
Licitação deve estar pronta em 30 dias e projetos técnicos concluídos em seis meses. Fernando Gomes/Prefeitura de Santo Ângelo

O processo de ampliação e modernização do Aeroporto Regional de Santo Ângelo avançou mais uma etapa nesta quarta-feira (9). Em portaria assinada pelo diretor da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Eduardo Bernardi, o Estado fica autorizado a realizar a licitação para contratar os projetos técnicos de engenharia.

O deputado estadual Eduardo Loureiro destaca a importância de se avançar mais uma etapa nesta mobilização pelas obras no aeroporto, lembrando que são investimentos na ordem de R$ 44 milhões já garantidos no orçamento do Ministério de Infraestrutura.

O investimento prevê a ampliação da pista para receber aeronaves maiores, com até 140 passageiros, além de novo terminal de passageiros, secção contra incêndio e área para manobras dos aviões entre o hangar e a pista, chamada de taxiway, a ser pavimentada no terreno de aproximadamente 106 metros quadrados já desapropriados pela Prefeitura de Santo Ângelo.

Em contato com a Secretaria Estadual de Transporte e Infraestrutura, o deputado Loureiro foi informado que a licitação deve ocorrer em até 30 dias, devendo os projetos técnicos ficarem prontos em seis meses, permitindo assim que as obras possam ser iniciadas em 2021.

1 COMENTÁRIO

  1. A depender do tradicional viés do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o aeroporto terá uma pista de pouso pequena e curta. Veja os recentes projetos em andamento, Caxias do Sul – Vila Oliva 1.930 x 45m e Passo Fundo 1.900 x 30m.

    Há concretos indicativos que atualmente a pista MODERNA, BÁSICA e MÍNIMA tem (no Brasil) em torno de 2.300 x 45m e resistência para 95 toneladas ou superior para atender as cidades médias e de alto potencial de tráfego. Na China aeroporto regional tem pista mínima de 2.500 x 45m.

    Cito a recém-inaugurada pelo Governo Federal em setembro na cidade de Vitória da Conquista–BAHIA de 2.200 x 45m e 90 toneladas ou Jericoacoara–CEARÁ 2.200 x 45m, a extensão (em preparo e andamento) de pista em Porto Seguro–BAHIA de 2.000 para 2.300 (2.300 x 45m), Maringá-PARANÁ de 2.100m para 2.390m, Florianópolis-SANTA CATARINA 2.400 x 45m ou ainda a em projeto de Maragogi-ALAGOAS de 2.200 x 45m. Todas prevendo receber sem restrições operacionais os jatos regionais 135-145 lugares, o Airbus A320-NEO (Azul e Latam) e Boeing B737-MAX (Gol), 180-220 passageiros dependendo da versão e configuração adotada pela empresa. Saudações e bons voos,

    Saudações e bons voos,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here