Manifestação “O Gigante Acordou Santo Ângelo” acontece hoje

0
98

Protesto será realizado na cidade neste sábado, a partir das 15h30min, com inicio na Marechal

A manifestação que está acontecendo em todo país será realizada, neste sábado (22), na capital das Missões. Intitulado “O Gigante Acordou Santo Ângelo” o protesto iniciou nas redes sociais. Parte dos organizadores estiveram presentes na Rádio Santo Ângelo, na quinta-feira. Nahin Santos, Joctâ Eliéser Gonçalves, Leonardo Backes e Everton Rodrigo Severo da Silva falaram sobre o movimento.

Leonardo informou que a concentração será na Praça Leônidas Ribas às 14h. “Estaremos na Praça para a confecção e organização dos materiais, ajudando o pessoal que necessitar”, disse.
O grupo apoia reivindicações nacionais e municipais. “Decidimos que iremos apoiar os demais manifestantes e protestar contra os gastos em relação à Copa do Mundo e as Olimpíadas”, fala Everton Severo.

Joctâ ressaltou que é uma manifestação pacífica. “Informamos às pessoas que queiram participar que não temos o intuito de depredar nenhum patrimônio público ou privado. Estamos aptos a denunciar qualquer tipo de violência”, explica Gonçalves.

Com relação às reivindicações municipais, Nahin salientou que os principais pontos serão a transparência dos projetos que tramitam na Câmara dos Vereadores e congelamento do IPTU.
O protesto começará com a concentração na Praça Leônidas Ribas às 14 horas para confecção e organização dos materiais.

A saída está prevista para as 15h30min, seguindo pela Marechal até a Antônio Manoel, onde haverá uma parada de 15 minutos na Praça da Catedral, voltando pela Marquês de Herval até a Esquina Democrática. Os organizadores pedem que os participantes usem roupa branca e pintem o rosto de verde e amarelo. Eles lembram que esta é uma manifestação apartidária.

Sindilojas Apoia Manifesto

Segundo o presidente do Sindilojas, Luiz Carlos Dallepiane, a posição dos comerciantes é tranquila e em apoio às manifestações. “Somos a favor dos protestos, pois chega de tanta coisa errada. Somos favoráveis à Reforma Política, que deve acontecer neste país”, afirma Dallepiane.

Ele orienta os comerciantes que continuem trabalhando, que acompanhem de suas lojas e não se preocupem. “São jovens ordeiros, que já delinearam a caminhada. Reitero que apoiamos, desde que tenha dignidade, porque isso mostra o descontentamento do povo”, explica o presidente. 

REIVINDICAÇÃO

Nacional:

1º) Apoio aos demais manifestantes;
2º) Os gastos em relação a Copa do Mundo e Olimpíadas;
3º) Contrariedade à PEC 37;
4º) Repugnância à aprovação da “Cura Gay”.

Municipal:

1º) Exigir uma maior transparência referente à tramitação dos projetos da Câmara dos Vereadores, para que antes de irem à assembleia estejam disponíveis ao acesso da população, ou seja, para que sejam publicados todos os projetos em tramitação no site da Câmara de Vereadores;
2º) Questionar sobre a proposta de congelamento do IPTU, que hoje é de 7,5%, e exigir redução da alíquota para 5%;
3º) Questionar em relação a uma proposta para a redução da passagem de ônibus para R$2,00, e exigir um meio passe estudantil.

 

PELO MENOS 70 POLICIAIS ACOMPANHARÃO PROTESTO

O comandante do 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon), Major Jacob Pinton, confirmou que a Brigada Militar colocará mais de 70 policiais para acompanhar os manifestantes durante o protesto.
Além dos PM’s do Pelotão do Centro, homens do Pelotão de Operações Especiais (POE) e da Cavalaria estarão equipados para garantir a segurança e a integridade física dos manifestantes, bem como evitar danos, depredações, saques a empresas e qualquer outro ato de vandalismo.

Pinton afirma que a tropa de choque estará munida com balas de borracha e spray de pimenta para serem utilizados em caso de confronto e vandalismo. “O que se espera é uma manifestação pacífica desde a concentração até a dispersão. Já acordamos com os organizadores do protesto, caso houver infiltração de vândalos ou barraqueiros, que o grupo recue ou sente no chão para que os mal-intencionados possam ser identificados”, frisa.

Em Giruá, a BM também vai acompanhar o manifesto.