Milhares de pessoas se reúnem em frente à Catedral para adorar a Cruz Peregrina e o quadro de Nossa Senhora

0
83

Símbolos percorrem as dioceses em preparação a Jornada Mundial da Juventude, em 2013

A Diocese de Santo Ângelo recebeu no final de semana a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora; dois símbolos da igreja católica instituídos pelo Papa João Paulo II em 1984 por ocasião da Jornada Mundial da Juventude.

Desde o ano passado, os símbolos estão percorrendo todas as dioceses brasileiras a fim de envolver os jovens em preparação a Jornada Mundial da Juventude, que acontece de 23 a 28 de julho de 2013, no Rio de Janeiro.

A Cruz Peregrina e o quadro de Nossa Senhora chegaram a Santo Ângelo no início da tarde de sábado e percorreram a Paróquia Sagrada Família, o Centro de Atendimento Sócioeducativo (Case), o Presídio Regional de Santo Ângelo, a Paróquia Santo Antônio do Bairro Pippi, até chegar à Praça Pinheiro Machado (Centro Histórico) onde milhares de pessoas aguardavam para adorar os símbolos, em frente a Catedral Angelopolitana, onde desde às 15h acontecia o show Bote Fé Missões, com apresentações artísticas missioneiras.

No final da tarde, foi celebrada uma missa campal com a presença dos bispos Dom José Clemente Weber (titular da diocese) e Dom Estanislau Amadeu Kreutz (emérito), além de dezenas de padres da diocese.

Logo após, os fiéis participaram de uma procissão pelas ruas centrais de Santo Ângelo, saindo da Catedral, passando pelas ruas Antunes Ribas, Avenida Brasil, Marechal Floriano e Bento Gonçalves, retornando a Igreja.

Até a meia-noite, a população teve a oportunidade de adorar os símbolos, dentro da Catedral. Após, eles foram levados ao Santuário do Caaró, onde centenas de jovens fizeram uma vigília durante a madrugada.

No domingo pela manhã, participantes da 79ª Romaria Diocesana do Caaró também tiveram a oportunidade para fazer preces e tocar os símbolos, no Santuário, em Caibaté. Ao meio-dia a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora foram levados para a Diocese de Passo Fundo.

Para o padre Carlos Griebeler, coordenador diocesano da Pastoral, foi um momento histórico para a diocese. “Foi um evento marcante, simplesmente surpreendente. A passagem dos símbolos pelo Case e pelo Presídio foram muito emocionantes. Durante a vigília, sempre teve fila, na Catedral. Imaginamos que cerca de 10 mil pessoas tiveram a oportunidade de adorar a imagem e a Cruz”, destacou.

Carlos Griebeler lembra que antes da Jornada Mundial da Juventude, em 2013, acontece a Semana Missionária que é a acolhida de jovens que vem de outros países para conhecer o trabalho da juventude nas dioceses brasileiras.

O evento acontece de 15 a 21 de julho. Na diocese de Santo Ângelo, podem ser acolhidos até 240 jovens.