Militares da reserva bloqueiam a entrada do 7º RPMon e Pelotão do Centro, em Santo Ângelo

0
353
Entrada do quartel do 7º RPMon em Santo Ângelo foi bloqueada por policiais militares da reserva e familiares.

A segunda-feira (16) começou com protestos em frente ao quartel do 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon), no km 97 da ERS-344 e Pelotão da Brigada Militar no Centro, em Santo Ângelo, contra o pacote do governador Eduardo Leite que altera carreiras do funcionalismo. Na manifestação organizada pela Associação dos Servidores Policiais Militares das Missões (Aspomm), familiares e servidores inativos bloquearam a entrada do quartel, impedindo a saída de viaturas. Ato semelhante também ocorre em Cerro Largo.

Em Santo Ângelo, os policiais militares operam apenas em ocorrências graves em que há risco à vida. A mobilização que reúne cerca de 50 pessoas acontece um dia antes do início da votação dos projetos na Assembleia Legislativa, que deve se estender até quinta-feira (19). “Nosso objetivo é uma manifestação pacífica para mostrar o descontentamento dos servidores militares, seja da ativa ou inativa, com as medidas do governo. Não estamos pedindo nenhum direito novo ou reajuste remuneratório, e sim lutando para que a Constituição seja cumprida no que concerne às normas gerais sobre inatividade e pensão”, diz Paulo Antônio da Rosa, presidente da Aspomm.

Paulo ressalta que os projetos de lei 504 e 506, que aumentam as alíquotas em até 18% sobre a contribuição previdenciária e modificam o subsídio dos militares, vão precarizar as carreiras. Nesta terça-feira (17), o grupo participa de um ato em Porto Alegre onde serão deliberadas novas ações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here