Mocidade Independente da São Carlos levará para a avenida o tema “Quilombo: da resistência negra à herança cultural

0
80

A Mocidade Independente da São Carlos, uma das mais antigas escolas de samba de Santo Ângelo, faz seus preparativos para o desfile que acontecerá nos dias 21 e 22 de fevereiro, na Avenida Venâncio Aires.

A presidente da escola, Marisa Schmidt – filha de Donercília (Dona Nininha), que é símbolo da Mocidade Independente –, conta que neste ano o lema utilizado nos ensaios é a união. “Os ensaios com a bateria são diários, das 9h às 11h30min. As alas já estão fechadas e a base da escola é do Bairro São Carlos. No entanto, contaremos com participações de carnavalescos de Alegrete, Porto Alegre e Santa Rosa”, revela.

SAMBA-ENREDO
De acordo com Marisa, o samba-enredo de 2014 será “Quilombo, da resistência negra à herança cultural”.

Ao todo, serão sete alas, dois carros alegóricos e 160 componentes que irão contar na avenida a história da chegada dos negros ao Brasil, a escravidão, a resistência, assim como a contribuição cultural deixada no país na música, religião e gastronomia.

INTEGRANTES
A Escola Mocidade Independente da São Carlos terá como destaque da bateria Ale Ferrari. Já Cláudia Correa Leal é a madrinha da bateria, enquanto Choco, mestre-sala, e Paula, porta-bandeira. O mestre de bateria da escola é Ronaldo Schmidt.

A Mocidade também levará para a avenida sua corte, formada pela rainha Kátia Carolina Nicoletti, pela 1ª princesa Cássia Nicoletti e pela 2ª princesa Andrieli Nicoletti.