Moradora é notificada para retirar cadeira e casinha de cachorro do passeio público

0
90

A escriturária Luciani Castro recebeu uma surpresa ao chegar do trabalho na última quinta-feira (8). Em sua casa havia uma notificação fiscal da Prefeitura de Santo Ângelo determinando a ela “retirar cadeira e casinha de cachorro do passeio público”, sob pena de aplicação de multa e penalidades correspondentes.

Conforme Luciani, que mora na Avenida Valdir Van Helden, no Bairro Pilau, a casinha está sobre a grama e debaixo de uma árvore, o que não atrapalha o passeio de pedestres. “Não tem nem calçada no local. A Prefeitura devia se preocupar é com o matagal que se criou no canteiro da rua. Há coisas mais importantes para se preocupar”, destaca ela, que justifica ter colocado a casinha há poucos meses para dar um abrigo a uma cadela de rua – Luciani é integrante da Associação de Proteção aos Animais.

“Não há junção de cachorros para incomodar os vizinhos. Já inclusive castramos o animal. Só queremos a proteção dos bichos”, justifica.

A responsável pelo Setor de Fiscalização da Prefeitura de Santo Ângelo, Sonia Freitas, afirma que o órgão emitiu a notificação após receber denúncias de moradores e de um carteiro, que teria sido mordido por um cachorro no local. “A notificação é feita com base no artigo 23, inciso 15, do Código de Postura, que diz que não podemos depositar nenhum material sobre o passeio público, obstruindo-o”, afirma ela, ao destacar que já ocorreram outros casos semelhantes na cidade.