Morre, aos 61 anos, o ex-vereador e radialista Lucindo Amaral

0
162

Morreu na noite de quarta-feira, aos 61 anos, o ex-vereador de Novo Hamburgo e radialista Lucindo Amaral. Lucindo lutava desde 2010 contra um câncer no pâncreas. O corpo do radialista está sendo velado na Funeraria Krause. O radialista descobriu a doença em agosto de 2010 e chegou a ficar internado no Hospital Santa Rita, em Porto Alegre.

TRAJETÓRIA

Um homem conhecido por toda a região missioneira por ser um grande promotor de solidariedade nos microfones da Super Rádio Santo Ângelo. Por anos, se dedicou a ajudar os mais carentes. Se destacou ao organizar a maior campanha de solidariedade da região, na década de 80, conseguindo mobilizar até o Exército Brasileiro, e arrecadar toneladas de alimentos e roupas para as pessoas mais humildes e desamparadas atingidas pela enchente no Rio Uruguai nos municípios de Porto Xavier e Porto Lucena.

Ele morava com a esposa em Novo Hamburgo e lutava contra um câncer no pâncreas. Descobriu a doença em agosto de 2010 e chegou a ficar internado no Hospital Santa Rita, em Porto Alegre, durante 60 dias. Na época, teve que se submeter a uma cirurgia de sete horas onde acabou sendo retirado partes do pâncreas, duodeno, esôfago, intestino e estômago, e até foi parar na UTI.