Morre aos 71 anos José Carlos Bonini, ex-presidente da SER Santo Ângelo

0
87

Engenheiro agrônomo e comerciante, ele atuou como conselheiro, diretor e colaborador do clube

Morreu na manhã desta sexta-feira (24), aos 71 anos, em Passo Fundo, o ex-presidente da SER (hoje Associação) Santo Ângelo, José Carlos Bonini Pinho, em consequência de problemas cardíacos.

Bonini, que tinha problemas renais e cardíacos, fez quinta-feira, no Hospital de Passo Fundo, procedimentos para colocação de três stents. Na oportunidade foi colocado apenas um stent e também um marcapasso.

Bonini era natural de Bagé, mas aos 31 anos firmou residência em Santo Ângelo, logo após casar-se com Eliza Klenick Pinho (em memória), com quem teve seus dois filhos, Ana Paula, de 36 anos, e Rogério, de 34. Ele também deixou três netos: Mariana (10 anos), Arthur (5) e Lucas (12). Atualmente, Bonini vivia com sua companheira Tonida Silva.

Formado engenheiro agrônomo pela Universidade Federal de Pelotas, desenvolveu a profissão por mais de 40 anos. Foi representante comercial das empresas Trilhoteiro, Monsanto, Reisth do Brasil e Dimicion.

Desportista apaixonado pela SER Santo Ângelo, assumiu a presidência da entidade no final da década de 1990. Além de mandatário maior do clube, foi conselheiro, diretor e um grande colaborador do clube. Inclusive, não era incomum vê-lo cuidando do gramado do Estádio da Zona Sul.

O corpo foi transladado de Passo Fundo para a capela da Funerária Tesche, onde está sendo velado. Bonini será enterrado neste sábado, às 11h, no Cemitério Sagrada Família.

A direção do Santo Ângelo manifesta seus sentimentos à família pela perda do ex-dirigente Bonini.