Morre aos 88 anos o escritor Léo Fett

0
99

 Faleceu neste sábado (3), no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, o escritor, historiador, advogado e engenheiro agrônomo Léo Fett. Ele estava internado há aproximadamente dois meses, em função de uma cirurgia para retirada de um tumor no intestino.

Conforme informações da família, nesse período Léo Fett ficou 10 dias em coma induzido, para se recuperar da cirurgia, porém quando saiu do coma e voltou a se alimentar, o corpo rejeitou e não apresentou melhoras. Ela acabou falecendo com parada cardíaca por volta das 13h10min deste sábado.

Léo Fett faria 89 anos no dia 9 de março. Ele é natural de Lajeado, porém veio para Santo Ângelo com oito anos de idade. Ele deixa a esposa Carmen Terezinha de Carvalho Fett, que reside em Santo Ângelo, três filhos (Léo Fett Filho, Virginia e Vera Terezinha) e oito netos.

Seu corpo está sendo trazido para Santo Ângelo, onde deve chegar por volta das 23h de hoje. O velório deverá ocorrer na Câmara Municipal de Vereadores. O sepultamento será às 17h de domingo, no Cemitério Sagrada Família.

Léo Fett era colunista do Jornal das Missões. Também é Cidadão santo-angelense por outorga do Poder Público Municipal. Membro da Academia Santoangelense de Letras e do Movimento Pró-Memória, lançou no ano de 2010 a obra “Memórias Vivas”, onde relata fatos importantes de sua vida que perpassaram por acontecimentos marcantes da história de Santo Ângelo no século XX.
Lutador em defesa da História e do Patrimônio Cultural da cidade, Léo Fett fundou em 2011 o Instituto Genealógico, Histórico e Geográfico de Santo Ângelo.