Obras na DPCA, sede provisória da Delegacia da Mulher, são iniciadas

0
118

A DPCA está recebendo uma nova pintura, além de instalações modernas e melhoria no mobiliário

A Central de Atendimento à Violência contra a Mulher, que por enquanto vai funcionar junto à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), está recebendo obras de melhorias desde o início desta semana.

Segundo o delegado regional de Polícia Civil, Fernando Antônio Sodré de Oliveira, o funcionamento do atendimento especializado, com em torno de oito agentes, deve se iniciar no máximo até novembro. “Vamos fazer o atendimento na Central devido ao fato de a construção do prédio estar em andamento e demorar, possivelmente, até o próximo ano para ficar pronta”, esclarece.

A DPCA está recebendo uma nova pintura, além de instalações modernas e melhoria no mobiliário, com o objetivo de melhor atender as vítimas. “No novo prédio, que ainda depende de uma licitação da Prefeitura para iniciarmos o atendimento, queremos ampliar o número de agentes trabalhando, bem como incorporar à equipe uma psicóloga da Prefeitura para fazer o atendimento das vítimas”, frisa.

INVESTIMENTOS
Ao todo, serão R$ 256 mil para a ampliação e reforma do prédio onde vai funcionar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher.

Além desse investimento, o Município receberá mais R$ 153 mil para a locação da instalação onde funcionará a casa-abrigo para as mulheres vítimas de violência doméstica. Os recursos garantirão o pagamento do aluguel por cinco anos.