Pais de alunos reivindicam contra destituição de diretora

0
100

Maroni Marchi exercia cargo de confiança e foi exonerada da função na sexta-feira

Na manhã de ontem, pais de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Neusa Goulart Brizola fizeram uma mobilização em frente ao colégio, reivindicando a permanência da professora Maroni Marchi no cargo de diretora da escola. Maroni era Cargo de Confiança e foi destituída da função na última sexta-feira (31), pelo secretário de Administração Luiz Ghellar.

De acordo com a moradora do Bairro João Goulart e mãe de aluno da escola, Vera Matos da Silva, a reivindicação é porque a comunidade não entende o afastamento de Maroni. “Ela é uma excelente profissional e foi eleita pelo povo, não sabemos do motivo do seu afastamento, mas achamos que o certo seria sermos comunicados”, explica.

Para a outra mãe, Ivoni Nascimento dos Santos, “a professora era uma profissional amiga, que ajudava em tudo que era possível. Aí virá uma pessoa que nós nem conhecemos, em quem não temos a confiança necessária”, destaca.

Emocionada, a ex-diretora Maroni Marchi, foi até a frente da escola, onde contou como recebeu a notícia da sua exoneração. “Fui comunicada na última sexta-feira a tarde, quando seu Ghellar me chamou e me comunicou que, por questões de governo, eu estava sendo destituída. Eu acredito que isso envolva o fato de eu ser membro do Sindicato dos Professores Municipais, porque eu participei de paralisações, boicotei alguns atos. Porém, nada que abone meu trabalho aqui na escola, onde atuei por 10 anos. A comunidade está a meu favor, reconhece e entende o meu trabalho”, defendeu-se.

Conforme a secretária municipal de Educação, Rosa Maria de Souza, por se tratar de um Cargo de Confiança, a administração entendeu que este era o momento de substituí-la. “A partir de agora estamos procurando outra pessoa para atuar no lugar dela”. explicou, sem entrar em detalhes.