Para o prefeito Paulo Sommer, aumentam possibilidades de construção da ponte internacional em Porto Xavier

0
135

AMM continua atenta ao anúncio do resultado dos estudos, previsto para dezembro

O vice-presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Porto Xavier, Paulo Sommer, transmitiu aos colegas prefeitos, na assembleia mensal da associação, na última sexta (22), em Garruchos, novidades que vão beneficiar a região missioneira. Sommer relatou que o município de Porto Xavier vai receber um posto da Marinha e a instalação de um free shop, que servirá para a compra de dólares e venda de produtos nacionais e importados. “Certamente vão aumentar as chances de construção da ponte internacional em nosso município. Quem ganha é a região das Missões”, ressaltou, bastante otimista.

Com o apoio da bancada gaúcha e da Famurs, uma comitiva da AMM esteve em Brasília, em julho, reunida com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, e com o diretor-executivo do Dnit, Tarcísio Gomes de Freitas. As lideranças missioneiras foram em busca de informações sobre os resultados dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da ponte internacional Brasil-Argentina e, também, sobre a inclusão de um traçado missioneiro no projeto da Ferrovia Norte-Sul.

De acordo com o ministro dos Transportes, o resultado da escolha do local para a construção da ponte deverá ser divulgado pelo governo federal em dezembro deste ano, assim como a do traçado da ferrovia.

ENCONTRO COM AUTORIDADES ARGENTINAS
Na audiência na capital federal, ficou pré-acertada uma reunião em Buenos Aires, antes de dezembro, com a participação de representantes dos governos brasileiro e argentino, do Itamaraty, deputados, Famurs, além de prefeitos da AMM e demais regiões que poderão ser contempladas com a construção da ponte. O objetivo é a negociação diplomática entre os dois países para um acordo sobre custos e escolha das empresas que serão responsáveis pela execução da obra.

O presidente da Associação dos Municípios das Missões e prefeito de São Luiz Gonzaga, Junaro Rambo Figueiredo, reiterou que os gestores municipais da região estão atentos ao processo, pois, na visão dele, as duas obras, ponte internacional e ferrovia, são fundamentais para alavancar o crescimento econômico e social dos municípios missioneiros. “Não vamos deixar que nossas demandas regionais sejam esquecidas. Ao contrário, estamos atuando e acompanhando todas as etapas e mostrando às autoridades federais que vale a pena investir na nossa região, pois o retorno financeiro para todo o Brasil é garantido”, enfatizou o dirigente da AMM.