Parquímetros para a área azul começam a ser instalados no centro de Santo Ângelo

0
89

Rek Parking anuncia que a cobrança pelo estacionamento passa a valer em 5 de março

A Rek Parking, de Santa Maria, está instalando nesta semana os primeiros parquímetros que serão utilizados no estacionamento rotativo pago de Santo Ângelo. Os primeiros parquímetros estão instalados na Rua Marques do Herval e em frente a Praça Leonidas Ribas. Eles passarão a funcionar a partir do dia 5 de março, quando deverá entrar em vigor a cobrança e a rotatividade no estacionamento da área central de Santo Ângelo.

Até lá, os oito monitores contratados pela empresa instruirão motoristas que estacionarem na chamada área azul (veja no box os locais), através da distribuição de 10 mil folders. Paralelamente à orientação aos motoristas, os agentes irão dotar o Centro de Santo Ângelo de identificação e estrutura para o funcionamento do estacionamento rotativo.

“Nos próximos dias serão pintadas as faixas azuis, instalados os demais parquímetros, placas e outros, para que em março comece a funcionar o novo sistema”, afirma o diretor da Rek Parking, Flavio Lenz de Macedo.

PAGAMENTO

A área inicial do estacionamento rotativo terá aproximadamente 500 vagas. Ao estacionar, o condutor terá de pagar no parquímetro o equivalente ao período em que ficará com o carro na vaga: R$ 0,50 para meia hora, R$ 1 para uma hora, R$ 1,50 para 1h30min e R$ 2 para duas horas. Após duas horas, terá de sair e procurar outra vaga.

O pagamento pode ser feito com moedas ou com cartões específicos para o parquímetro, que poderão ser adquiridos com os monitores ou no escritório da Rek Parking. “O cartão tem um custo de R$ 3. Então se o motorista comprar um cartão de R$ 15, ele terá direito a 12 horas de estacionamento. O cartão é recarregável, e se por ventura o usuário não o quiser mais, pode vender de volta pelos mesmos R$ 3. As máquinas só não aceitam cédulas, até por uma questão de segurança”, esclarece Macedo.

UTILIZAÇÃO

Ao pagar o valor equivalente ao período em que ficará no estacionamento, o condutor recebe um ticket que deve ser colocado no painel do carro, por dentro do veículo, comprovando o pagamento. O ticket servirá para os monitores verificarem o correto pagamento por parte dos usuários do estacionamento.

ARRECADAÇÃO

O valor arrecadado com o estacionamento rotativo pago será destinado para o custeio e manutenção dos equipamentos, bem como o pagamento dos monitores. Do total da arrecadação, 12,5% são destinados à Prefeitura.
Os parquímetros são fabricados no Rio Grande do Sul, em Gravataí, e custam cerca de R$ 15 mil cada um. Em Santo Ângelo, ao todo, serão instalados 15 equipamentos.

Empresa mantém estacionamento rotativo pago em 15 municípios do RS

A Rek Parking, vencedora da licitação para a manutenção do estacionamento rotativo pago em Santo Ângelo, já atua em 15 municípios do Rio Grande do Sul. O crescimento ocorreu nos últimos anos. 

“Quando adquirimos a empresa, em 2005, eram apenas 2 municípios que possuíam estacionamento rotativo. Hoje são 15”, destaca Flavio Lenz de Macedo, diretor da empresa. 

ONDE FUNCIONARÁ O ESTACIONAMENTO ROTATIVO

– Rua Marquês do Herval, entre 25 de Julho e Andradas;
– Rua Marechal Floriano, entre Andradas e 25 de Julho;
– Travessa Mauá;
– Rua Três de Outubro, entre Antunes Ribas e Marechal Floriano;
– Avenida Brasil, entre Antunes Ribas e Marechal Floriano.
– Não estão incluídas na primeira fase do estacionamento rotativo a Rua Antunes Ribas e a Rua 25 de Julho.
– A área inicial do estacionamento rotativo terá aproximadamente 500 vagas.