Plano Safra 2012/2013 ampliará limite de custeio do Pronaf para R$ 80 mil

0
83

Dirigente da Fetag/RS explicou mudanças em Santo Ângelo, na última quinta-feira

Na manhã da última quinta-feira, o vice-presidente da Fetag-RS, Carlos Joel da Silveira, esteve em Santo Ângelo, em reunião na Cúria Diocesama, com a Regional Missões 1, Regional Missões 2 e Regional Santa Rosa, para explicar as mudanças do Plano Safra 2012/2013. 37 Sindicatos de Trabalhadores Rurais da região estiveram representados na ocasião.

Segundo Carlos, as principais mudanças do plano safra dizem respeito aos quesitos para enquandramento dos produtores rurais. Mais agricultores poderão buscar o financiamento, com a ampliação da renda bruta anual para acesso ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) de R$ 220 mil para R$ 320 mil.

Para 2012/2013, o plano amplia o limite do financiamento de custeio de R$ 50 mil para R$ 80 mil. Além de dobrar a cobertura da renda do seguro da agricultura familiar de R$ 3,5 mil para R$ 7 mil.

O montante de R$ 18 bilhões destinado ao Pronaf 12,5%, superior ao valor disponibilizado no ano passado, cerca de R$ 2 bilhões. A taxa máxima de juros paga pelos agricultores, que antes era 4,5%, agora será 4%.

Ainda de acordo com o vice-presidente da Fetag, a bruta dos agricultores proveniente de fora da propriedade, aumentou de 30% para 50%.
Outra mudança significativa, de acordo com Carlos Joel da Silveira, diz respeito ao Programa de Garantia de Preços da Agricultura Familiar (PGPAF). “Quando o valor dos produtos agrícolas cai no mercado, os juros cobrados pelos bancos terão a mesma redução”, observa.