Portais preservam história do futebol em Santo Ângelo

0
384

Pórticos de antigos estádios marcam espaços que já foram palcos de gloriosas competições de futebol

O árbitro apita o início da partida e o coração se enche de euforia e nervosismo. Quem é torcedor sabe o sentimento que arrebata o corpo e a alma na hora do jogo, e se multiplica no momento do gol. E, “atire a primeira pedra” aquele que gosta de futebol e não fica relembrando as histórias esportivas que marcaram épocas. Em Santo Ângelo foram muitas, com a atuação de três clubes que fizeram história na Capital das Missões: Tamoio Futebol Clube, Elite Clube Desportivo e Grêmio Sportivo Santo-angelense. Os times arrebatavam o coração dos torcedores e da comunidade quando o esporte ainda não era profissionalizado, quando os campos nem tinham alambrado e as chuteiras se chamavam “campionas”, com “garradeiras” altas e couro duro.

Hoje, quando é comemorado o Dia Nacional do Futebol, o Jornal das Missões relembra a importância histórica destes três times. Em Santo Ângelo, além das memórias guardadas pelos torcedores, a história dos times está, de certa forma, preservada através dos ‘’portais” dos antigos locais de jogos das equipes, que permanecem “de pé” nos dias de hoje. Os locais marcam os espaços que já foram palcos de aplausos, confraternizações e de gloriosas competições no futebol santo-angelense.

Na Zona Norte da cidade, quem passa pelo Parque Poliesportivo “Assis Brasil Ramos Escobar”, a conhecida Praça do Tamoio, localizada na Rua Marechal Floriano, ainda vê a bola rolar. O local, que leva o nome do desportista que foi presidente do Clube, continua recebendo a prática esportiva. Atualmente, o Parque conta com quadra poliesportiva, campo de futebol, pista de skate e parque infantil. O espaço foi modernizado em benefício do esporte, da recreação e lazer. O time, que movimentava imensa massa de torcedores na Zona Norte da Cidade, foi fundado em 1º de julho de 1944. Seu principal título foi conquistado em 1960, quando sagrou-se campeão da 2ª Divisão Gaúcha de Profissionais.

Na área central do município, o portal do antigo Estádio do Elite Clube Desportivo, na Avenida Brasil, permanece em pé. O local aguarda remodelação do Poder Executivo e a previsão é que o espaço receba o novo Centro Administrativo. O Elite foi fundado em 1º de setembro de 1921 e conquistou o título de Campeão Gaúcho da 2ª Divisão em 1958, sua maior conquista.

O Grêmio Sportivo Santo-angelense foi fundado em 12 de outubro de 1921, ou seja, nasceu duas semanas depois da fundação do seu “maior rival”, o Elite Clube Desportivo (o Tamoio surgiu anos depois, para completar o trio). Em sua história, o Grêmio tem como maior façanha a conquista do Campeonato Estadual de Amadores, de 1952 (o que atualmente seria o Campeonato Gaúcho da Série B), sendo o primeiro clube de Santo Ângelo a conquistar um título em nível estadual. O Estádio da Zona Sul ainda mantém algumas características da época do “periquito missioneiro”, como o portal do estádio Coronel Raul Oliveira, demolido para a construção do novo estádio. Atualmente, é o principal local de jogos de futebol no município, a casa do time que representa Santo Ângelo e um dos estádios com melhor estrutura do interior do Estado.

Fusão
Com o passar dos anos, os três clubes de Santo Ângelo não tinham mais como se manter em atividade e a opção para tentar reerguer o futebol no município foi realizar a fusão destes clubes. Teve origem a Associação Esportiva Santo Ângelo (Aesa), o Esporte Clube Santo Ângelo (ECSA) e, mais tarde, em1989, a Sociedade Esportiva e Recreativa (SER) Santo Ângelo, que segue em atividades até os dias de hoje. Atualmente, o futebol em Santo Ângelo é representado por Elite Clube Desportivo através de sociedade em cotas de participação com a SER Santo Ângelo, estabelecida neste ano. A parceria prevê o retorno e valorização das marcas do Elite, Tamoio e Grêmio. Para os torcedores, além da alegria, mais um episódio na história do futebol.

Dia do Futebol
Em 19 de julho é celebrado, no Brasil, o Dia Nacional do Futebol. A data foi escolhida pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD), atual Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em 1976, em homenagem ao time mais antigo do país em atividade, o Sport Club Rio Grande, do Rio Grande do Sul, fundado no dia 19 de julho de 1900.