Praça da Catedral recebe cerca de 700 pessoas em protesto contra a corrupção no Brasil

0
111

Manifestações pró e contra o Governo Federal ocorrem no domingo (13)

Manifestações contra o Governo federal marcaram o domingo (13), em todo o país e em Santo Ângelo não foi diferente. Vestidas de verde e amarelo, cerca de 700 pessoas conforme a Brigada Militar, foram até a Praça Pinheiro Machado (Praça da Catedral Angelopolitana) com apitos e cartazes para manifestar contra a corrupção no país.
O principal conceito do evento, organizado pelo “Movimento Empresarial”, composto por representantes da Associação Comercial Industrial de Santo Ângelo (Acisa), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindilojas Missões, pelo Movimento Brasil Livre Missões; pelo Vem Pra Rua e Clube Liberal Missioneiro, foi manifestar contra a corrupção, em apoio a operação Lava Jato e do Juíz Sérgio Moro, e a favor do trabalho que vem sendo realizado pela Polícia Federal e Ministério Público. Além disso, a manifestação também foi contra a alta taxa tributária, em defesa da gestão pública de qualidade, gestão com transparência e controle nos gastos públicos.
De acordo com a representante do Vem Pra Rua em Santo Ângelo, Daniele Ribas Pilau Christensen, o movimento foi apartidário, em defesa das cores da bandeira do Brasil. “Foi um dia fantástico, em que além de manifestar nosso descontentamento com a atual situação, o Brasil como um todo, ao contrário dos que dizem que o país está dividido em brancos e pretos, pobres e ricos, mostrou que está unido pela mudança. Foi um encontro muito produtivo, no qual a participação das pessoas superou as expectativas”, completa.
Paralela a esta manifestação, o movimento intitulado “Frente Brasil Popular”, favorável ao Governo Federal, também realizou protesto em Santo Ângelo, na Praça Leônidas Ribas (Praça do Brique). Nesta mobilização, os participantes manifestaram em defesa da presidente Dilma Rousseff.
De acordo com o presidente da Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Clédio Pereira, ‘’a avaliação da manifestação foi positiva, contando com a participação de mais de 100 militantes em um protesto com respeito, sem atritos e pacífico, como ocorreu em todo o Brasil”. Este movimento defende que não existem provas contra a presidente e que Dilma foi eleita legitimamente, propondo que o debate não seja o de impeachment, mas de recuperação do Brasil, em que haja união para que o país saia da crise, que ocorre de maneira internacional. Neste movimento, participaram cerca de 150 pessoas conforme a Brigada.
Os protestos estavam inicialmente marcados para o mesmo local, mas visando a segurança dos participantes, o lugar da manifestação contrária ao governo foi alterado. Segundo o comandante do Esquadrão de Policiamento do Sétimo Regimento Polícia Montada (7º RPMon), capitão Cristiano Brilhante, ambas as manifestações foram pacíficas não tiveram registro de ocorrências.