Prefeitos farão mobilização em Porto Xavier pela inclusão da ponte internacional no PAC 3

0
82

Evento deverá contar com participação de deputados federais para garantir a obra na região

Os prefeitos da Associação dos Municípios das Missões programaram para o início de junho, em Porto Xavier, uma mobilização com a bancada gaúcha no Congresso Nacional, em defesa da construção da ponte internacional na região das Missões. A decisão foi tomada na reunião mensal da AMM, realizada sexta-feira (23) em Guarani das Missões. No movimento estão previstos debates e divulgação de dados que mostram que a região possui as condições ideais para que o empreendimento seja viabilizado em Porto Xavier/San Javier. A intenção é que o projeto seja incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC3), do Governo Federal.
De acordo com o prefeito de Porto Xavier e vice-presidente da AMM, Paulo Sommer, para que a ação se consolide é preciso avançar no planejamento e definir estratégias mais arrojadas. “Até agora não temos nenhum parecer sobre os estudos de viabilidade, previsto, primeiro, para ser liberado em outubro passado, e depois para o último dia 2 de maio. O que nos disseram em Brasília é que nos dias 10 e 11 de junho acontecerá outra videoconferência sobre o tema, desta vez, em Foz do Iguaçu”, relatou. Os prefeitos também foram informados que o resultado do levantamento técnico e econômico ainda não foi anunciado por questões burocráticas envolvendo a empresa que fez a análise da parte argentina do projeto. 

HOSPITAIS DE PEQUENO PORTE

Um dos temas debatidos no encontro foram as cirurgias realizadas nos hospitais de pequeno porte na região. O prefeito de Porto Xavier Paulo Sommer, médico cirurgião, fez um relato sobre a reunião com a 12ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), e avaliou a situação como “preocupante”. Ele deixou claro que os municípios que aderirem à medida correm o risco de prejudicar a população. “Em curto prazo vamos perceber que se tornará quase inviável transportar pacientes que necessitam de intervenções cirúrgicas para outros hospitais”, alertou Sommer.
A próxima assembleia mensal da AMM será no dia 27 de junho, em Roque Gonzales.