Prefeitura de Santo Ângelo adere ao turno único

0
211
Foto: Fernando Gomes/Arquivo/Prefeitura de Santo Ângelo

A Câmara de Vereadores aprovou na sessão ordinária de segunda-feira (7) a instituição do turno único na Prefeitura de Santo Ângelo. O horário especial inicia nesta quarta-feira (9) irá vigorar até 26 de fevereiro de 2021.

A medida é adotada visando economia. Em sua justitifcativa, o prefeito Jacques Barbosa salienta que a jornada única de trabalho reduz despesas sem prejuízo administrativo à população, uma vez que permanecem mantifdas a prestação e atendimento dos serviços essenciais. Além disso, o turno único é uma rotina para a maioria das administrações municipais em virtude da grave crise financeira que atinge os municípios. A principal economia está ligada a redução do consumo de energia elétrica e isso se torna importante em razão da calamidade pública enfrentada pelo Município devido a pandemia.

O expediente será realizado das 7 às 13 horas, de segunda a sexta-feira, iniciando nesta quarta-feira (9). As secretarias municipais de Educação, Saúde e Meio Ambiente, a Procuradoria Geral do Município e a Vigilância Municipal poderão determinar os serviços que serão prestados em turno único, em horários diversos do programado, considerando a essencialidade dos mesmos à população.

As secretarias de Agricultura, Obras e Tranportes estabelecerão percentual dos funcionários para cumprir o turno único das 7 às 13 horas e outro grupo para atuar das 12 às 18 horas, mantendo a continuidade do serviço público.

Tendo em vista a Lei número 3.552/2011, que exige a presença de agentes de trânsito durante o horário de funcionamento do estacionamento rotativo pago, um percentual dos funcionários deverá cumprir expediente das 7 às 13 horas e outro das 12 às 18 horas.

O Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), por serem mantidos através de repasses de recursos do Governo Federal atendem em turno integral, inclusive em regime de plnatão, razão pela qual devem cumprir a jornada normal, estando dispensandos do turno único.

Os servidores do Museu Municipal do Cinema Vivaldino Prado, do Museu Municipal Dr José Olavo Macgado, do Memorial Coluna Prestes e da Biblioteca Pública Municipal Policarpo Gay, em razão da particularidade dos serviços prestados, cumprirão a jornada normal de trabalho.

Os servidores que estão recebendo a gratificação por dedicação plena, nos termos da lei municipal número 4.318/2019, poderão cumprir o turno único, contudo permanecem à disposição após o término do horário especial.

Fica vedada, na vigência do turno único, a convocação de servidor para cumprimento de serviço extraordinário, exceto em casos de situação de emergência ou calamidade pública.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here